• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Dorival testa time com Mouche e Henrique no ataque

  • COMPARTILHE
Esportes

Dorival testa time com Mouche e Henrique no ataque

São Paulo - O técnico Dorival Júnior comandou nesta quarta-feira um treinamento coletivo na Academia de Futebol do Palmeiras e testou duas formações na equipe titular visando a partida contra o Atlético-MG, sábado, às 19h30, no Pacaembu, pela 33ª rodada do Campeonato Brasileiro. A grande novidade foi a presença de Mouche e Henrique juntos entre os atletas que podem iniciar a partida.

Na primeira parte da atividade, o treinador palmeirense escalou o time com Fernando Prass; João Pedro, Nathan, Tobio e Victor Luis; Renato, Marcelo Oliveira, Mazinho e Valdivia; Mouche e Henrique. Durante o treinamento, Dorival tirou Mouche duas vezes da equipe. Na primeira, testou Diogo em seu lugar e depois foi a vez de Juninho entrar na equipe, que voltou a ser formada no esquema 4-5-1 que foi usado nas últimas partidas.

Com Mouche na equipe, o Palmeiras ganha em opções no ataque, já que o argentino divide as atenções com Henrique. Por outro lado, a entrada de Juninho na lateral esquerda, deslocando Victor Luis para o meio, reforça a marcação e dá maior liberdade para Mazinho e Valdivia atacarem.

Em relação ao time que derrotou o Bahia por 2 a 1 no último domingo, em Salvador, as novidades são a presença de Henrique, que estava suspenso, e Juninho, que também está à disposição, mas pode começar no banco de reservas. Os desfalques são o volante Wesley, suspenso, e o atacante Leandro, que tem um edema no pé esquerdo.

Em relação aos demais desfalques, Cristaldo está em fase final de transição física, mas a tendência é a de que ele só volte a ser relacionado para a partida contra o São Paulo, no próximo dia 16. Wellington e Thiago Martins continuam se recuperando de lesão. O elenco alviverde faz mais dois treinamentos até o confronto contra o time atleticano. O Palmeiras tem 39 pontos e ocupa a 13ª colocação do Brasileirão, cinco à frente do Coritiba, equipe que hoje encabeça a zona de rebaixamento.