• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Flamengo vence o Coritiba na despedida do Maracanã

Esportes

Flamengo vence o Coritiba na despedida do Maracanã

Livre do risco, o Flamengo agora quer aproveitar os dois últimos mandos de campo nesta reta final de campeonato para faturar em jogos fora do Rio de Janeiro

Os donos da casa tentaram ditar o ritmo do jogo, assumindo o controle da bola Foto: Estadão Conteúdo

Rio - Em sua última partida no Maracanã em 2014, o Flamengo sofreu, mas conseguiu vencer o Coritiba por 3 a 2, neste domingo, em partida válida pela 34.ª rodada do Campeonato Brasileiro. Com o resultado, a equipe carioca acabou de vez com o risco de rebaixamento. Por outro lado, a derrota manteve o time paranaense bem perto da degola.

Livre do risco, o Flamengo agora quer aproveitar os dois últimos mandos de campo nesta reta final de campeonato para faturar em jogos fora do Rio - contra Criciúma, no Maranhão, e Vitória, em Manaus.

Os donos da casa tentaram ditar o ritmo do jogo nos momentos iniciais, assumindo o controle da posse de bola. O time carioca trabalhava jogadas principalmente pelas pontas, mas sofria para transpor a defesa do Coritiba, que se postava bem. E só conseguiu superar a retranca em um contra-ataque que pegou os adversários desprevenidos, aos 17. Após boa troca de passes, Mugni recebeu na área e bateu de primeira para fazer um bonito gol.

Os visitantes conseguiram equilibrar o jogo e criaram boas oportunidades com bolas lançadas na área. O Flamengo, assim como nos últimos jogos, voltou a mostrar fragilidade para se defender desse tipo de jogada, e por pouco não cedeu o empate.

O Coritiba voltou do intervalo com mais iniciativa, trabalhando bem a bola e marcando adiantado. Com a vantagem, o time carioca esperava uma brecha para contra-atacar. Dessa forma, aos 12, Gabriel arrancou pela ponta e cruzou para Everton ampliar. Logo depois, Everton fez mais uma boa jogada e sofreu pênalti. Chicão cobrou mal e Vanderlei fez uma importante defesa.

A partir daí, o ritmo jogo cresceu em intensidade. Sem se abater, a equipe paranaense impôs forte pressão ao time da casa e conseguiu diminuir, aos 22, com Joel, o homem mais perigoso do ataque alviverde. Por outro lado, passou a ceder espaço na defesa, e o Flamengo aproveitou, com Nixon: 3 a 1.

Em seguida, Joel marcou de novo e voltou a colocar o Coritiba na partida. Sufocado, o Flamengo conseguiu resistir até o fim e saiu com a vitória suada.

FICHA TÉCNICA:

FLAMENGO 3 X 2 CORITIBA

FLAMENGO - Paulo Victor; Léo Moura (João Paulo), Wallace, Samir (Chicão), Anderson Pico; Marcio Araújo, Canteros, Lucas Mugni, Everton; Gabriel (Igor Sartori) e Nixon. Técnico - Vanderlei Luxemburgo.

CORITIBA - Vanderlei; Norberto, Luccas Claro, Leandro Almeida e Carlinhos; Helder, Sergio Manoel (Dudu), Gil (Zé Eduardo), Robinho (Keirrisson), Alex; Joel. Técnico - Marquinhos Campos.

GOLS - Mugni, aos 17 minutos do primeiro tempo; Everton, aos 12, Joel, aos 22 e aos 38, e Nixon, aos 35 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Leandro Pedro Vuaden (RS).

CARTÕES AMARELOS - Canteros (Flamengo); Robinho, Leandro Almeida e Norberto (Coritiba).

PÚBLICO - 23.182 pagantes (28.250 total)

RENDA - R$ 775.085,00.

LOCAL - Estádio do Maracanã, no Rio.