• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Kroos descarta 'clima de revanche' contra a Espanha

Esportes

Kroos descarta 'clima de revanche' contra a Espanha

Vigo - Atual campeã mundial, a Alemanha poderia ter conquistado também a Copa de 2010 se não fosse a derrota para a Espanha por 1 a 0 na semifinal do torneio daquele ano, disputado na África do Sul. Dois anos antes, os espanhóis já haviam derrotado os alemães na decisão da Eurocopa. Mesmo com estas duas derrotas nas últimas duas partidas entre eles, o meia Toni Kroos descartou qualquer clima de revanche para o amistoso desta terça-feira, em Vigo.

"Nós não temos qualquer desejo de vingança. Nós gostaríamos de ter jogado contra a Espanha no último Mundial do Brasil porque é um dos rivais mais atrativos do futebol mundial, mas não pôde acontecer. Eu gosto do estilo deles, pessoalmente sou um fã de sua forma de jogar", declarou Kroos nesta segunda-feira.

Apesar de negar a revanche, o meio-campista do Real Madrid sabe da importância do confronto. Até porque a Alemanha não vive boa fase desde que levantou o Mundial no Brasil, tendo vencido somente dois de seus cinco jogos seguintes à conquista. Uma vitória sobre a Espanha pode colocar a seleção de volta nos trilhos.

"Vamos como campeões do mundo e queremos ganhar. Vai ser uma partida especial porque teremos em campo os últimos dois campeões do mundo. Independentemente das escalações de ambas as equipes, espero uma partida muito difícil porque tenho certeza que os dois vão sair para vencer", afirmou.

Jogador do Real Madrid desde o início da temporada, Kroos falou com propriedade do futebol espanhol e ressaltou que nomes importantes do time rival se aposentaram da seleção. "Para mim é mais fácil falar do Real Madrid que da seleção porque não os vi jogador nos últimos tempos, mas sei que perderam alguns jogadores importantes como o Xabi Alonso e o Xavi."