• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Após nova derrota do Chelsea, Fàbregas nega desentendimentos com Mourinho

Esportes

Após nova derrota do Chelsea, Fàbregas nega desentendimentos com Mourinho

Com o Chelsea em plena crise no Campeonato Inglês, Fàbregas não foi escalado como titular no jogo contra o Liverpool e entrou em campo apenas no segundo tempo

Jogador nega desintendimentos Foto: Reprodução/Instagram

Londres - Três dias depois de o Chelsea ser derrotado por 3 a 1 pelo Liverpool, em casa, e cair para a 15ª posição do Campeonato Inglês, o meia Cesc Fàbregas resolveu se pronunciar publicamente para negar relatos de desentendimento com o técnico José Mourinho, cuja possível saída do clube vem sendo especulada nas últimas semanas.

O jogador espanhol negou que tenha problemas de relacionamento com o treinador português após a rede BBC dizer que detinha a informação de que um jogador titular do Chelsea preferia "perder do que ganhar", em razão de um suposto descontentamento com o comandante. E nesta terça-feira um blog de futebol da Inglaterra nomeou Fàbregas como líder de um possível movimento para derrubar o treinador.

Fàbregas, entretanto, enfatizou nesta terça, por meio de sua página no Twitter: "Gostaria de esclarecer que, ao contrário de alguns relatos de sites, estou extremamente feliz no Chelsea e tenho um relacionamento excelente com o técnico".

Em seguida, o atleta acusou "certos indivíduos de fora" de tentar "desestabilizar este clube", assim como exibiu otimismo em uma reação do Chelsea nesta temporada. "Sinceramente acredito que iremos dar a volta por cima e voltarmos a ficar bem", ressaltou.

Com o Chelsea em plena crise no Campeonato Inglês, Fàbregas não foi escalado como titular no jogo contra o Liverpool e entrou em campo apenas no segundo tempo. E, atuando no Stamford Bridge, o time amargou a sua sexta derrota em 11 jogos nesta edição da competição.

Para completar, Mourinho segue causando polêmica por causa do seu comportamento. Na última segunda-feira, ele voltou a ser punido pela Associação de Futebol da Inglaterra (FA, na sigla em inglês), que anunciou a suspensão de um jogo para o português por causa de suas reclamações contra a arbitragem do confronto entre Chelsea e West Ham.

Mourinho havia sido expulso no intervalo daquela partida após reclamar bastante da atuação do árbitro Jonathan Moss, que expulsou o volante Matic e anulou um gol de Fàbregas nos 45 minutos iniciais. Por isso, foi julgado pela FA, que decidiu suspendê-lo por um jogo, além de multá-lo em 40 mil libras (cerca de R$ 237,7 mil).

Esta já é a segunda vez que o português é punido neste Inglês por causa de suas reclamações. Em outubro, ele havia recebido uma multa e sido colocado em um período probatório por causa de declarações polêmicas no duelo diante do Southampton.

Novamente suspenso, Mourinho vai ficar de fora do banco de reservas do Chelsea diante do Stoke City, no sábado. O duelo é tido como decisivo para o futuro do treinador, que, após a derrota para o Liverpool, negou estar preocupado com a possibilidade de ser demitido.