• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Após roubar a cena no sábado, Alonso comemora corrida sem problemas em Interlagos

  • COMPARTILHE
Esportes

Após roubar a cena no sábado, Alonso comemora corrida sem problemas em Interlagos

São Paulo - Após roubar a cena no sábado, Fernando Alonso se mostrou aliviado por ter os dois carros da McLaren terminando o GP do Brasil de Fórmula 1 sem enfrentar maiores problemas. O piloto espanhol largou em último e cruzou a linha de chegada em 16.º, enquanto que o inglês Jenson Button foi o 15.º - ambos ganharam uma posição na classificação final por causa da desclassificação do brasileiro Felipe Massa.

"Terminar a corrida era nossa primeira prioridade depois de termos enfrentado abandonos nas últimas corridas. Então é uma boa notícia saber que os dois carros chegaram até a bandeira quadriculada", disse, aliviado, o piloto espanhol, que chamou a atenção no sábado ao ironizar a situação difícil da McLaren na temporada.

Alonso teve problemas em seu carro desde os primeiros treinos do fim de semana. Na segunda sessão livre, precisou deixar sua McLaren às pressas porque havia fogo no motor. No treino classificatório, a decepção foi maior. Ele recebeu ordens da equipe para abandonar rapidamente o carro por conta de problemas técnicos. Não havia completado sequer uma volta e foi eliminado logo no Q1.

Como "protesto", sentou em uma cadeira que estava em seu caminho até o box. Relaxado, acenou para a torcida e pôs-se a observar o treino, ignorando pedido de um fiscal para que se retirasse. As câmeras da TV focalizaram Alonso, ainda sentado e com as pernas esticadas, de olhos fechados e expressão de que estava meditando.

Em seguida, na companhia do companheiro Jenson Button, também eliminado de forma precoce no treino, subiu ao pódio e imitou a comemoração de uma vitória, causando risos no público e nos telespectadores.

Sem maior preocupação com o campeonato, que só tem mais uma prova, Alonso ficou feliz somente por ter completado a corrida deste domingo. Não foi ironia. "Pudemos coletar muitos dados, especialmente para o próximo ano, para o chassi. Com eles, poderemos descobrir o melhor caminho para seguirmos em frente", comentou Alonso, já pensando em 2016.

Assim como Alonso, Button confia na evolução da McLaren para o próximo campeonato. "Somos um time que está trabalhando duro. Vamos dar grandes passos no inverno", afirmou o inglês, projetando a preparação do novo carro. "Estou ansioso para a próxima temporada", disse o campeão mundial de 2009.