• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Após 'sonolência' na quinta, Hamilton lidera 1º treino livre do GP do Brasil

  • COMPARTILHE
Esportes

Após 'sonolência' na quinta, Hamilton lidera 1º treino livre do GP do Brasil

São Paulo - Após surpreender na quinta-feira com seu semblante abatido no autódromo de Interlagos, Lewis Hamilton voltou a mostrar força na manhã desta sexta-feira na abertura dos trabalhos no GP do Brasil de Fórmula 1. O piloto inglês liderou o primeiro treino livre em São Paulo ao aplicar meio segundo de vantagem sobre o alemão Nico Rosberg, seu companheiro na Mercedes. O brasileiro Felipe Massa registrou apenas o 17.º tempo.

Hamilton liderou a sessão de abertura do GP ao anotar 1min13s543, contra 1min14s062 de Rosberg. O tricampeão exibiu bom ritmo ao longo de todo treino, o que contrastou com seu semblante sonolento na quinta-feira, quando concedeu entrevista coletiva em Interlagos. Ele admitiu cansaço por causa dos acontecimentos dos últimos dias.

Na noite de segunda-feira, ele sofreu acidente de carro, que a polícia de Montecarlo atribuiu ao cansaço após a festa de aniversário da mãe do piloto. O próprio Hamilton reconheceu que "se matou" na comemoração dos 60 anos da sua mãe. A batida atrasou em 24 horas a chegada do piloto a São Paulo.

Nesta sexta-feira, o inglês se mostrou totalmente recuperado da batida e do desgaste da viagem. Foi superior a Rosberg, mesmo enfrentando problemas na embreagem. A dupla chegou a ser superada pelo alemão Sebastian Vettel na metade do treino, mas o piloto da Ferrari não sustentou a vantagem e terminou em terceiro lugar, com 1min14s168.

O Top 10 contou ainda com o australiano Daniel Ricciardo, da Red Bull, e o finlandês Kimi Raikkonen, da Ferrari, na quarta e quinta colocações, respectivamente. Eles foram seguidos do russo Daniil Kvyat (Red Bull), do finlandês Valtteri Bottas (Williams), do holandês Max Verstappen (Toro Rosso), do alemão Nico Hülkenberg (Force India) e do venezuelano Pastor Maldonado (Lotus).

Os brasileiros tiveram desempenho discreto nesta primeira sessão em Interlagos. Felipe Massa foi apenas o 17.º colocado, com o tempo de 1min15s469. O piloto da Williams enfrentou dificuldades durante todo o treino. Travou rodas, saiu da pista e sofreu para manter o equilíbrio do carro. Como consequência, ficou atrás até dos carros da McLaren.

Felipe Nasr também sofreu com a falta de aderência da pista. Ele chegou a travar uma das rodas no início do treino, sem maiores consequências. Em sua segunda sessão livre em Interlagos pela Fórmula 1 - treinou no ano passado como reserva da Williams -, o piloto da Sauber foi o 14.º melhor, com 1min15s381.

O primeiro treino livre foi marcado pelas dificuldades dos pilotos na primeira curva do traçado, ao fim da reta dos boxes. A maioria travou rodas na entrada dela. Em outros trechos, além de Massa, Vettel, Max Verstappen e Raikkonen rodaram na pista. O finlandês da Ferrari foi quem levou o maior susto. Girou 360 graus e só parou na caixa de brita.

O segundo treino livre do GP do Brasil começará às 14 horas (de Brasília), no autódromo de Interlagos.