• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Após susto, Allano convive com dores para reforçar o Cruzeiro

  • COMPARTILHE
Esportes

Após susto, Allano convive com dores para reforçar o Cruzeiro

Meia-atacante é o favorito para ficar com a vaga do suspenso Marcos Vinicius no Cruzeiro, mas, como ficou de fora do treinamento desta quarta-feira, Mano Menezes testou Gabriel Xavier

Allano dá susto em Mano Menezes, mas está bem e poderá jogar Foto: Divulgação

Belo Horizonte - Após deixar o treino da quarta-feira passada em uma ambulância, com suspeita de fratura na perna esquerda - que não se confirmou -, e desfalcar o Cruzeiro diante do Avaí, o meia-atacante Allano espera retornar ao time no duelo do próximo domingo com o São Paulo no Mineirão, pelo Campeonato Brasileiro. O jogador está em fase final de recuperação de lesão no tornozelo esquerdo, mas acredita que vai ter condições de entrar em campo no fim de semana.

"Foi um susto muito grande mesmo, pensei que tinha acontecido o pior, mas graças a Deus não foi nada, vou continuar à disposição da equipe, colocando o gelo que os médicos estão pedindo, para tirar dor da torção. Vou continuar treinando para ver como estarei no fim de semana para ajudar o Cruzeiro", afirmou.

Allano é o favorito para ficar com a vaga do suspenso Marcos Vinicius no Cruzeiro, mas, como ficou de fora do treinamento desta quarta-feira, viu o técnico Mano Menezes testar Gabriel Xavier na sua posição.

Enquanto aguarda uma definição, o jogador destacou a importância do Cruzeiro terminar da melhor forma possível o Campeonato Brasileiro, ainda que o time não tenha grandes aspirações na competição, pois as chances de classificação para a Libertadores são remotas.

"Temos que manter nosso ritmo e intensidade de jogo que estamos demonstrando. Continuar, já que este ano não foi muito bom, continuar nesta pegada que os torcedores vão nos empurrar. A torcida vem apoiando bastante nossa equipe não é de hoje, somos muito fortes no Mineirão, a gente entra com um a mais dentro de campo", disse.