• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Macaé empata com rebaixado Boa e se complica na briga contra o rebaixamento

  • COMPARTILHE
Esportes

Macaé empata com rebaixado Boa e se complica na briga contra o rebaixamento

Macaé (RJ) - Diante do já rebaixado Boa, o Macaé desperdiçou uma grande oportunidade de encaminhar a sua permanência na Série B do Campeonato Brasileiro. O time fluminense ficou no empate por 1 a 1, nesta sexta-feira, no Moarcyzão, e agora decidirá se cai ou não na última rodada diante do Ceará, em Fortaleza.

O prejuízo poderia ter sido ainda pior, já que quem saiu na frente foram os mineiros, com gol de Leonardo. Na etapa final, Pipico deixou tudo igual e, ao menos, deu um ponto para o Macaé, que agora tem os mesmos 43 do Oeste, que perdeu para o Atlético Goianiense por 3 a 1 e torcerá por uma derrota do Ceará - primeiro dentro da zona de rebaixamento no momento com dois pontos a menos -, que neste sábado joga diante do vice-líder América-MG, em Belo Horizonte.

Mesmo com o empate, o Macaé ainda depende apenas de suas forças para escapar do rebaixamento. Uma vitória simples no confronto direito contra o Ceará na última rodada garante o time carioca na Série B. Caso o Ceará não vença o América-MG neste sábado, um empate basta para o Macaé não ser rebaixado. Confirmado na Série C em 2016, o Boa é o vice-lanterna, com 28 pontos.

Pressionado pela necessidade de uma vitória para encaminhar a permanência na Série B, o Macaé até começou no ataque, mas, apenas com Fernando Neto na criação, sofria para furar o bloqueio defensivo do time mineiro.

Bem postado, o Boa aproveitou uma das poucas oportunidades que teve e, depois de uma jogada muito ensaiada muito bem executada, saiu na frente com Leonardo, que escorou de cabeça o desvio de Clébson para colocar o Boa em vantagem aos 14 minutos.

O nervosismo e a ineficiência diminuíram na segunda etapa e o Macaé conseguiu pressionar o adversário com efetividade, especialmente devido à entrada de Aloísio, que quase empatou a partida com um chute de primeira.

Mais organizado, os fluminenses conseguiram o empate na base da esperteza, já que aproveitaram a desatenção da defesa adversária para cobrar a falta rápido para o lateral Henrique. Ele encontrou Pipico na área. Aos 21 minutos da etapa final, o atacante bateu de esquerda e a bola entrou lentamente.

Depois de igualar o marcador, o panorama da partida não poderia mudar, já que o Macaé precisava da vitória para se afastar da degola. Sabendo disso, os donos da casa foram para cima. Pipico e Aloísio tiveram ótimas oportunidades de virar a partida e dar a vitória ao Macaé, mas pararam no goleiro Douglas e o empate que complicou o Macaé na tabela persistiu até o final.

O Macaé depende apenas de si mesmo para permanecer na Série B em 2016, já que precisa vencer o confronto direto contra o Ceará na 38.ª e última rodada no próximo sábado, às 17h30 (de Brasília), no Castelão. O Boa encerra sua participação na competição nesta terça-feira, em casa, em Varginha (MG), diante do também já rebaixado ABC, às 20h30.

FICHA TÉCNICA

MACAÉ 1 x 1 BOA

MACAÉ - Rafael; Henrique, Ramon, Douglas Assis, Diego Corrêa; Gedeil (Aloísio), Wagner Carioca (Alisson), Juninho, Fernando Neto (Jones); Pipico e Anselmo. Técnico: Toninho Andrade.

BOA - Douglas; Wendel (Gabriel Dias), Patrick, Raphael Silva e Léo Baiano; Leonardo, Jonatas Paulista (Bruno Lucas), Moacir (Claytinho), Thaciano e Clébson; Bruno Felipe. Técnico: Cesinha.

GOLS - Leonardo, aos 14 minutos do primeiro tempo; Pipico, aos 21 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Anselmo, Fernando Neto e Douglas Assis (Macaé); Wendel, Leonardo e Léo Baiano (Boa).

ÁRBITRO - Jean Pierre Gonçalves Lima (RS).

RENDA E PÚBLICO - Não disponíveis.

LOCAL - Estádio Cláudio Moacyr, em Macaé (RJ).