• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Argentina quer reabilitação para terminar o ano na zona de classificação à Copa

  • COMPARTILHE
Esportes

Argentina quer reabilitação para terminar o ano na zona de classificação à Copa

Buenos Aires - A derrota por 3 a 0 para o Brasil, na última quinta-feira, em Belo Horizonte, ainda dói, mas a Argentina não quer ficar se remoendo sob o risco de ficar fora da Copa do Mundo de 2018, que será na Rússia. Nesta terça-feira, os comandados do técnico Edgardo Bauza terão mais um difícil compromisso para buscar a reabilitação e terminar 2016 dentro da zona de classificação ao Mundial: contra a Colômbia, às 21h30 (de Brasília), na cidade de San Juan.

Com 16 pontos, os argentinos ocupam no momento a sexta colocação das Eliminatórias Sul-Americanas. Hoje não jogariam nem a repescagem contra um representante da Oceania - o quinto colocado terá esse direito. Por isso, a vitória sobre a Colômbia, em terceiro lugar com 18 pontos, é fundamental. No time, Edgardo Bauza deverá fazer mudanças. O lateral-direito Gabriel Mercado, o meia Ever Banega e o atacante Lucas Pratto poderão entrar nos lugares de, respectivamente, Pablo Zabaleta, Enzo Pérez e Gonzalo Higuaín.

Bem mais tranquilo na tabela de classificação está o Uruguai. Com 23 pontos, a seleção celeste está na segunda colocação, um ponto atrás do Brasil, e luta para finalizar a temporada na liderança. Alémd e um tropeço brasileiro contra o Peru, em Lima, os uruguaios terão que vencer o Chile, no estádio Nacional, em Santiago, às 21h30. Os donos da casa estão em quinto, com 17 pontos.

O quarto lugar das Eliminatórias é do Equador, que tem 17 pontos (melhor saldo de gols que os chilenos) e jogam em Quito, às 19 horas, contra a Venezuela. O duelo pode até ser considerado mais tranquilo para os equatorianos, mas o rival desta terça-feira está empolgado pela goleada aplicada na Bolívia por 5 a 0 na última rodada. Os venezuelanos deixaram a última posição e estão com cinco pontos.

Por fim, às 18 horas, a lanterna Bolívia (quatro pontos) recebe o Paraguai, no estádio Hernando Siles, em La Paz. Na altitude de mais de 3.600 metros acima do nível do mar, os paraguaios estão em sétimo lugar, com 15 pontos, e buscam a reabilitação da goleada sofridas em casa para o Peru por 4 a 1.