• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Avaí atropela o Náutico em casa e fica perto do acesso na Série B do Brasileiro

Esportes

Avaí atropela o Náutico em casa e fica perto do acesso na Série B do Brasileiro

Florianópolis - O acesso no Campeonato Brasileiro da Série B é apenas questão de tempo para o Avaí. Em dia inspirado do experiente meia Marquinhos, autor de dois gols, o time catarinense mostrou consistência e bateu o concorrente direto Náutico por 3 a 0, neste sábado, no estádio da Ressacada, em Florianópolis. O duelo foi válido pela 36.ª rodada da competição.

Com este importante resultado, o Avaí chegou a 62 pontos, na terceira colocação, além de manter uma invencibilidade de seis jogos, com quatro vitórias e dois empates. Agora, precisa somar mais dois nos últimos jogos contra Londrina, fora, e Brasil-RS, em casa, para conquistar o acesso sem depender de ninguém.

Após esta rodada, a diferença dos catarinenses para os primeiros clubes fora do G4, que são o próprio Náutico e o Londrina, é de cinco pontos. Os pernambucanos estacionaram nos 57 e figuram na quinta posição. Para sonhar com o acesso, precisará vencer as últimas partidas contra Tupi, em Juiz de Fora (MG), e Oeste, no Recife, além de depender de combinação de resultados.

O Avaí contou com a estrela de Marquinhos para marcar duas vezes no primeiro tempo. O camisa 10 resolveu um jogo que estava equilibrado na bola parada. Aos 24 minutos, ele cobrou falta com categoria, no ângulo direito do goleiro Julio Cesar. Aos 46, o atacante Rômulo foi derrubado na área pelo zagueiro Igor Rabello e o árbitro deu pênalti. Na cobrança, Marquinhos soltou bomba no meio do gol e ampliou.

Na segunda etapa, o time da casa praticamente não deu tempo para o Náutico esboçar uma reação. Logo aos seis minutos, os mandantes marcaram o terceiro gol e liquidaram a partida. O volante João Felipe recebeu passe na medida do meia Renato na ponta direita e cruzou rasteiro para trás. Na marca da pequena área, Rômulo só completou. A festa começou ali e o jogo terminou.

FICHA TÉCNICA

AVAÍ 3 x 0 NÁUTICO

AVAÍ - Renan; Alemão, Fábio Sanches, Betão e Capa; Luan, João Filipe (Judson), Renato, Diego Jardel e Marquinhos (João Paulo); Rômulo (Vítor). Técnico: Claudinei Oliveira.

NÁUTICO - Julio Cesar; Joazi, Igor Rabello, Rafael Pereira e Gastón Filgueira; João Ananias, Rodrigo Souza (Tiago Adan), Marco Antônio (Maylson) e Vinícius; Rony e Bergson (Negretti). Técnico: Givanildo Oliveira.

GOLS - Marquinhos, aos 24 e aos 47 (pênalti) minutos do primeiro tempo; Rômulo, aos 6 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Vítor (Avaí); Igor Rabello e Gastón Filgueira (Náutico).

ÁRBITRO - Diego Almeida Real (RS).

RENDA - R$ 184.590,00.

PÚBLICO - 8.263 pagantes (13.395 no total).

LOCAL - Estádio da Ressacada, em Florianópolis (SC).