• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Avaí se despede da Série B em clima de festa e empate diante do Brasil-RS

Esportes

Avaí se despede da Série B em clima de festa e empate diante do Brasil-RS

Florianópolis - O Avaí se despediu da Série B do Campeonato Brasileiro em clima de festa. Neste sábado, entrou em campo para disputar a 38.ª e última rodada com vaga garantida na Série A e ficou em um empate por 1 a 1 com o Brasil, de Pelotas (RS), no estádio da Ressacada, em Florianópolis. Independente do resultado, a torcida mostrou muita disposição para comemorar o acesso.

Desta maneira, o time catarinense termina a segunda divisão nacional como vice-campeão com 66 pontos, a 10 do campeão Atlético Goianiense. O Brasil-RS, por sua vez, termina em 11.º lugar, com 54 pontos.

Mesmo sem nada em disputa, os dois times entraram em campo com posturas ofensivas e a bola correu bastante de um lado para o outro desde os primeiros minutos. Em alguns momentos parecia que os visitantes iriam iniciar uma pressão maior, mas logo os donos da casa conseguiam equilibrar a partida.

O jogo continuou bastante disputado e o Avaí insistia bastante com jogadas de Marquinhos, mas esbarrava na boa marcação do time gaúcho, que não se limitava à defesa e também deu bastante trabalho no campo de ataque. No decorrer do jogo, ficou perceptível um relaxamento dos donos da casa.

O Avaí voltou para o segundo tempo bastante desligado e logo nos minutos iniciais sofreu uma blitz do time gaúcho. Aos cinco minutos, Marlon cruzou para Renan chegar batendo para abrir o placar.

Após cair na pressão dos adversários, o Avaí demorou, mas conseguiu voltar para o jogo e não desperdiçou o bom momento. Aos 18 minutos, Marquinhos cobrou falta rasteira em jogada ensaiada, Diego Jardel bateu para o gol e o goleiro Eduardo Martini espalmou. No rebote, Rômulo mandou para o fundo do gol. Nada mais mudou.

FICHA TÉCNICA

AVAÍ 1 x 1 BRASIL-RS

AVAÍ - Renan; Alemão, Fábio Sanches, Betão e Capa; Luan, João Filipe (Judson), Renato, Diego Jardel e Marquinhos (Toshi); William (Rômulo). Técnico: Claudinei Oliveira.

BRASIL-RS - Eduardo Martini; Weldinho, Evaldo (Cirilo), Teco e Marlon; Leandro Leite, Washington, Diogo Oliveira (Marcão); Felipe Garcia, Nathan (Gustavo Papa) e Ramon. Técnico: Rogério Zimmermann.

GOLS - Ramon, aos 5, e Rômulo, aos 18 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Renato, Alemão, Fábio Sanches e Rômulo (Avaí); Evaldo, Leandro Leite e Washington (Brasil-RS).

ÁRBITRO - Renan Roberto de Souza (PB).

RENDA - R$ 161.958.00.

PÚBLICO - 15.564 pagantes.

LOCAL - Estádio da Ressacada, em Florianópolis (SC).