• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Fluminense lamenta morte de Sylvio Kelly, ex-presidente do clube

Esportes

Fluminense lamenta morte de Sylvio Kelly, ex-presidente do clube

Rio - O Fluminense publicou neste sábado uma nota de pesar por conta da morte de Sylvio Kelly, ex-presidente do clube, ocorrida na noite de sexta-feira. O dirigente, que faleceu aos 81 anos de idade, comandou as Laranjeiras de 30 de janeiro de 1981 ao dia 26 de janeiro de 1984.

Segundo o clube, Kelly fazia parte do quadro de associados desde os nove anos de idade e foi condecorado duplamente Grande Benemérito do Fluminense, como atleta e por serviços prestados. Durante sua gestão, o time tricolor adquiriu o terreno onde atualmente funciona o Centro de Treinamento de Xerém.

Sylvio Kelly fez parte do time tricolor de polo aquático que ficou invicto por mais de uma década (104 jogos), de 1951 a 1962, ao lado do seu irmão Marvio Kelly e de João Havelange, que se tornaria presidente da Fifa e era um de seus melhores amigos. Pela seleção brasileira de polo aquático, ele conquistou o terceiro lugar no Pan-Americano de 1959, em Chicago, e participou, como nadador, das Olimpíadas de Helsinque-1952 e Melbourne-1956.

FLU ENCERRA PREPARAÇÃO - Neste sábado, o time do Fluminense realizou o último treino antes de entrar em campo contra o Cruzeiro no domingo, pela 34.ª rodada do Campeonato Brasileiro, no Mineirão. A atividade foi apenas o tradicional recreativo, o rachão, que a equipe realiza nas vésperas das partidas.

Na nona posição, com 48 pontos conquistados no Brasileiro, três atrás da zona de classificação para a Libertadores, o time tricolor acredita que possa entrar no G6. Para isso, precisa vencer o Cruzeiro, 13.º colocado com 41. Em 2016, as duas equipes se enfrentaram duas vezes, com duas vitórias do time tricolor (4 a 3 no Mineirão pela Copa Sul-Minas-Rio; e 2 a 0 no Giulite Coutinho pelo Brasileiro).