• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Após passagem conturbada pelo São Paulo, Doriva é o novo técnico do Bahia

Esportes

Após passagem conturbada pelo São Paulo, Doriva é o novo técnico do Bahia

São Paulo - Após uma temporada bastante conturbada em 2015, o técnico Doriva terá nova casa no ano que vem. Nesta quarta-feira, ele foi anunciado como novo comandante do Bahia para a disputa do Campeonato Baiano de 2016. O ex-volante vai em busca de seu terceiro titulo estadual seguido, após vencer o Paulista de 2014 pelo Ituano e o Carioca desse ano com o Vasco.

Se 2015 começou com a conquista do Carioca, o desenrolar da temporada não seguiu da forma como Doriva esperava. Ainda no Vasco, foi demitido após um péssimo início de Campeonato Brasileiro, deixando o time na lanterna. De lá, foi para a Ponte Preta, onde voltou a realizar um bom trabalho, levando a equipe à beira da zona de classificação para a Libertadores.

Mas uma proposta do São Paulo o seduziu, e foi lá que Doriva viveu seu pior capítulo na temporada. Em meio a uma crise política do clube, foi contratado pelo presidente Carlos Miguel Aidar apenas dias antes de sua renúncia. Sem o mesmo respaldo da diretoria que assumiu, e em meio a péssimos resultados no campo, foi demitido somente um mês após ser anunciado.

Em meio a tantos altos e baixos, a diretoria do Bahia se apoiou nos melhores trabalhos de Doriva para contratá-lo. "Ele mescla algumas características importantes. É jovem, mas tem boa experiência e uma grande formação. Acumula resultados positivos, competições ganhas e está com muita disposição para fazer um grande trabalho no Bahia", disse o diretor de futebol do clube, Nei Pandolfo.

Em 2015, o Bahia decepcionou. Depois de um bom primeiro semestre e início de Série B, o time caiu de rendimento, o que levou à demissão de Sergio Soares. O auxiliar Charles Fabian assumiu, mas não conseguiu alavancar a equipe e acabou sendo liberado para as férias mais cedo, ainda em dezembro. Com isso, os baianos viram o sonho de voltar à elite do futebol brasileiro ruir.