• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Button admite que cogitou deixar Fórmula 1 ao fim da temporada

Esportes

Button admite que cogitou deixar Fórmula 1 ao fim da temporada

Londres - O inglês Jenson Button admitiu nesta quinta-feira que esteve perto de abandonar a Fórmula 1 ao fim da temporada 2015, na qual ele e seu companheiro, o espanhol Fernando Alonso, sofreram com as limitações da McLaren. O piloto renovou seu vínculo com a tradicional equipe em outubro.

"No ano passado, eu não estava certo de que continuaria na F1 e não era uma escolha minha. Mas, neste ano, a escolha era totalmente minha e houve um momento em que eu pensei: 'eu não tenho certeza de que quero continuar a fazer isto e de que quero ficar onde estamos agora'. Obviamente, se estamos onde estamos agora, o próximo ano não será dos mais agradáveis", afirmou o piloto em entrevista ao canal Sky Sports.

No ano passado, Button só teve confirmada sua permanência na McLaren de última hora. O campeão mundial de 2009 chegou a se admitir constrangido pela demora da equipe em definir seu futuro. Na época, a McLaren estava prestes a iniciar nova parceria com a Honda, o que não deu resultados neste ano.

A temporada da equipe foi considerada um fiasco, em razão do fraco rendimento do motor Honda. Um dos times mais vitoriosos da história da F1, a McLaren terminou o Mundial de Construtores deste ano somente na nona e penúltima colocação.

A difícil situação da McLaren quase fez Button desistir da equipe e da categoria. "Passei muito tempo conversando com os engenheiros e com Ron [Dennis, principal executivo da equipe] quando eu estava decidindo o que fazer no ano que vem. E isso me empolgou para o próximo campeonato porque pude conhecer as melhorias que teremos para 2016", afirmou Button, de 35 anos. Estreante em 2000, é o piloto mais experiente do grid da F1.