• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Dorival vê Santos forte, mas projeta dificuldade no grupo da Libertadores

  • COMPARTILHE
Esportes

Dorival vê Santos forte, mas projeta dificuldade no grupo da Libertadores

Santos - O técnico Dorival Júnior projetou um Santos forte para a próxima temporada, na qual a equipe voltará a disputar a Libertadores. A boa campanha no vice-campeonato brasileiro, principalmente na reta final, deixou o treinador animado. E por mais que ele admita a necessidade de reforços para o torneio continental do ano que vem, acredita que a equipe tenha condições de brigar pelo título.

"O Santos está melhor do que 2015 e o começo de 2016. Naturalmente que agora o grande desafio vai ser melhorarmos as condições e buscarmos um amadurecimento ainda maior da equipe. O que precisamos é que exista uma reposta de um modo geral dos jogadores e que tenhamos mais alguns elementos que venham para reforçar esse grupo de jogadores que já é um grupo muito bom", comentou.

Na última quarta-feira, o time paulista conheceu seus adversários na fase de grupos da Libertadores. Caiu na chave 2, ao lado Independiente Santa Fe, da Colômbia, Sporting Cristal, do Peru, e um representante ainda a ser definido. Para Dorival, adversários complicados neste estágio da competição. "É um grupo bem difícil, vamos aguardar quem irá completar para fazermos uma análise mais aprofundada."

O treinador também celebrou a oportunidade de disputar sua primeira Libertadores com o Santos. Em 2010, foi campeão da Copa do Brasil no início do projeto que resultaria no título sul-americano de 2011. O entrevero com Neymar naquela época, no entanto, definiu sua demissão, e o time seria guiado ao título por Muricy Ramalho.

"Era tudo o que eu queria. Até porque aquele trabalho não foi finalizado por mim e sim por outros profissionais. Fiquei muito feliz com os resultados que o clube alcançou naquele momento e espero que eu tenha a possibilidade de poder terminar esse trabalho dentro do Santos."