• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Flu pede desculpas aos colorados após repercussão de ofensas em trem

Esportes

Flu pede desculpas aos colorados após repercussão de ofensas em trem

No vídeo, um torcedor, depois identificado como sendo Bruno Vargas Costa, acompanhado de dois amigos, começa o que parecia ser uma 'zoação' contra três colorados

A gravação, divulgada por torcedores do Fluminense, tornou-se viral desde a noite de domingo Foto: Reprodução Facebook

Rio - Foi tão grande a repercussão negativa de um vídeo em que um torcedor do Fluminense ofende diversas vezes um grisalho torcedor do Internacional em um trem, domingo, que o clube carioca emitiu nota oficial nesta segunda-feira para se desculpar como os colorados e repudiar a atitude.

"O Fluminense vem a público manifestar seu repúdio à atitude de três torcedores do clube contra integrante da torcida do Internacional, em vídeo gravado no retorno do jogo deste domingo, no trem. O 'Tricolor' pede desculpas aos colorados e ressalta que este comportamento condenável não representa o da nossa torcida. O respeito ao torcedor adversário precisa ser uma prática comum e recorrente. O futebol deve servir como instrumento de propagação da união, jamais do ódio", diz a nota do clube carioca.

No vídeo, um torcedor, depois identificado como sendo Bruno Vargas Costa, acompanhado de dois amigos, começa o que parecia ser uma 'zoação' contra três colorados, principalmente um, mais idoso, de cabelos branco. Logo, porém, a brincadeira pelo rebaixamento do Inter se torna uma série de ofensas.

"Que m..., hein? Vai tomar no c...! Seu otário, olha para a câmera aqui! P... que pariu, seu filho da p..., rebaixado", continua o torcedor com a camiseta do Fluminense, quase encostando sua cabeça à do colocado, e com o dedo em riste, em tom ameaçador. O torcedor do Inter não reage.

A gravação, divulgada por torcedores do Fluminense, tornou-se viral desde a noite de domingo. Nas redes sociais, os dados dele foram expostos, com diversas mensagens em tom ameaçador.

Bruno chegou a se explicar pelo Facebook, dizendo que "não houve nenhum tipo de agressão física da minha parte a torcedores do Internacional e sim gozação normal de futebol" e que, "por causa da repercussão negativa", se retratava "com os torcedores colorados e também das outras equipes". Logo depois, entretanto, a conta foi bloqueada.