• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Juventus acaba com invencibilidade do Napoli e embola briga pela ponta na Itália

Esportes

Juventus acaba com invencibilidade do Napoli e embola briga pela ponta na Itália

Nápoles, Itália - A Juventus derrotou o Napoli por 1 a 0 nesta sexta-feira, fora de casa, e embolou a briga pela liderança do Campeonato Italiano. O time anfitrião viu acabar a sua invencibilidade de 12 vitórias e dois empates na competição e agora corre o risco de perder o primeiro lugar na tabela de classificação.

O Napoli continua na ponta com 38 pontos, mas pode ser ultrapassado pela Internazionale, que tem 36 e recebe o Chievo Verona neste domingo, ainda pela 15.ª rodada do Campeonato Italiano. A Juventus assumiu provisoriamente a vice-liderança, com 37 pontos.

O duelo disputado no estádio San Paolo, em Nápoles, foi bastante movimentado, especialmente no primeiro tempo, e a equipe visitante chegou à vitória com um gol de Higuain, ex-ídolo da torcida napolitana, em um rápido contra-ataque puxado pelo brasileiro Douglas Costa. O Napoli até conseguiu impor o ritmo da partida, pressionou bastante na etapa final, mas encontrou dificuldades em furar a retranca da Juventus.

As equipes agora se concentram para a sexta e última rodada da fase de grupos da Liga dos Campeões da Europa. A Juventus visitará o Olympiakos, na Grécia, nesta terça-feira, e precisa da vitória para garantir a classificação no Grupo D.

O Napoli entra em campo nesta quarta-feira, quando visitará o Feyenoord, na Holanda, pelo Grupo F. O time italiano precisa vencer e contar com um tropeço do Shakhtar Donetsk, que recebe o Manchester City, para avançar às oitavas de final.

O JOGO - A Juventus, com um setor ofensivo muito veloz, foi mais efetiva. Logo aos três minutos, Douglas Costa deixou Higuain na cara do gol, mas o argentino chutou em cima de Reina. O Napoli também se arriscou ao ataque e foi justamente em um vacilo pelo lado esquerdo de seu setor ofensivo que se originou o gol da partida.

Douglas Costa roubou a bola, arrancou até a intermediária e tocou para Dybala. O meio-campista argentino deixou Higuain de frente para o goleiro Reina e, desta vez, ele não vacilou. Com um toque rasteiro, abriu o marcador.

O time da casa seguiu tentando impor o ritmo e teve boa chance após vacilo de Chiellini. O zagueiro tentou uma bola cruzada no campo de defesa. Insigne interceptou fora da área, ajeitou e mandou um chute colocado para boa defesa de Buffon, que espalmou para escanteio.

No segundo tempo, a Juventus se fechou no campo de defesa e o Napoli tinha dificuldades em furar a retranca. Com mais tranquilidade para tocar a bola, a equipe visitante quase ampliou aos 24 minutos. Pjanic cruzou da direita na segunda trave, Matuidi bateu cruzado e Reina espalmou no susto para escanteio.

A melhor chance do Napoli na etapa final saiu aos 27 minutos. Zielinski tocou para Insigne, que dominou pela esquerda da área e bateu cruzado, mas a bola saiu à direita de Buffon.