• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Corinthians encara o Atlético-PR em casa para manter o embalo no Brasileirão

Esportes

Corinthians encara o Atlético-PR em casa para manter o embalo no Brasileirão

São Paulo - Empolgado com a sequência de três jogos sem derrota e com grandes chances de entrar no G4, o Corinthians enfrenta o Atlético Paranaense nesta quinta-feira, às 19h30, no estádio Itaquerão, em São Paulo, pela 12.ª rodada, apostando no entrosamento e no fato de jogar em casa, onde venceu quatro dos cinco jogos disputados neste Campeonato Brasileiro - perdeu só para o Palmeiras.

Aos poucos, o técnico Tite vai ajeitando a equipe após a saída de Emerson, Guerrero e Fábio Santos e nesta quinta-feira terá a oportunidade de escalar pela terceira vez consecutiva o mesmo time, algo inédito na temporada. "Quanto mais o time joga junto, mais aumenta a afinidade e o entrosamento. Já é a terceira partida em que vamos com a mesma equipe e estamos melhorando a cada jogo", disse o volante Bruno Henrique.

Além do fato de repetir o time, enfrentar um concorrente direto na briga para entrar no G4 também motiva os corintianos. "Temos a oportunidade de fazer mais três pontos contra um time de muita qualidade. Se conseguirmos 10 pontos em quatro jogos, estaremos no caminho certo", disse Vagner Love.

Nesta quarta-feira, além de confirmar a formação, Tite deixou claro durante o treino que está preocupado com a bola aérea. Ele ensaiou diversas situações de jogo em que a prioridade eram os cruzamentos pelo alto, tanto no ataque quanto na defesa. A novidade do treino foi a presença do volante Cristian, recuperado de uma lesão muscular na panturrilha direita. Existe a possibilidade de ele ser relacionado para o jogo de domingo contra o Flamengo, no estádio do Maracanã, no Rio.

Outra cara nova deve ser o atacante Rildo. Ele foi regularizado nesta quarta-feira no BID (Boletim Informativo Diário) da CBF e pode aparecer no banco de reservas. Após o treino, ele foi apresentado e revelou ser corintiano. "Em 2004, o Corinthians ganhou do Goiás com um gol do Fábio Baiano. Eu estava no Pacaembu. Estava com tênis desamarrado e na hora que o Fábio Baiano fez o gol, chutei e o tênis caiu lá dentro do campo. Tive de esperar para pegar, senão iria para casa a pé", contou.