Solução de problemas pela internet

O Conselho Nacional de Justiça (CNJ) criou o sistema de Mediação Digital que permite a celebração de acordos, de forma gratuita e virtual, entre consumidores e empresas cadastradas, bem como contribuintes e Procuradorias, por meio do endereço eletrônico www.cnj.jus.br/mediacaodigital.

O interessado em utilizar o serviço deve se cadastrar no site, descrever o conflito, conversar com a outra parte e, em seguida, avaliar a proposta com o intuito de se alcançar a um acordo.

Frisa-se que a troca de mensagens e informações é feita pela plataforma digital, no entanto é possível que, a qualquer momento, as partes requeiram uma sessão presencial, a qual será realizada no Centro Judiciário de Conflitos e Cidadania (Cejusc).

Além disso, cabe registrar que as partes podem homologar na Justiça o acordo realizado, caso julguem necessário.

A ferramenta é uma alternativa ao ajuizamento de demanda judicial em casos envolvendo dívidas tributárias e direito do consumidor, porém para que haja um diálogo entre o consumidor e a empresa é preciso que esta esteja cadastrada (a inscrição pode ser feita pelo próprio sistema). Entretanto, caso o consumidor procure a empresa no sistema e não a encontre, a mesma será informada e convidada a aderir à iniciativa.

Dentre os já cadastrados, pode-se citar o Itaú Unibanco S.A., o Banco do Brasil S.A., o Banco Bradesco S.A., a Caixa Econômica Federal e a Vivo.

Acesse www.cnj.jus.br/mediacaodigital e confira.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *