Virada Empreendedora – Parte 3 por Jézer Ferreira

Olá Pais e Professores Empreendedores!

Continuando a série de posts sobre a Virada Empreendedora, nosso correspondente e amigo Jézer Ferreira traz a sua visão sobre a palestra do Bruno Mattos. Segue, com exclusividade para os leitores do Educação e Empreendedorismo:

“A Palestra do Empreendedor (e Gênio!) Bruno Mattos foi um dos momentos marcantes deste fim de semana.
O Palestrante chegou sem crachá e sem apresentação de powerpoint.
Falando numa linguagem jovem e adaptando os principais termos em inglês: “Networking não, po##!! Aqui é Brasil, para de querer americanizar tudo! É Rede de negócios!”
Bruno, é  um empreendedor nato e diferente, não se classifica como ‘sem foco’ e sim com vários focos! Sempre a frente de vários negócios ao mesmo tempo. Quer construir um prédio? Bom, ele não controi mas liga você a um empreendedor que faz isso.
Após um câncer mudar a sua rotina, Bruno decidiu viver do que gosta, formou uma banda, rodou o mundo em turnês alternativas desde então.
Esteve interligando empreendedores: hoje um roteiriza filmes em Hollywood e outro ele trouxe às pressas dos EUA para criar o Peixe Urbano (cópia assumida do Groupon).
Algumas dicas do Bruno:
-“Empreendedorismo é empreender. Plano de negócios? É bom, mas ficar 6 meses só escrevendo uma hora vai te desanimar, vá pra rua, empreender é FAZER.”
– “Empreender é achar o i sem pingo, é fazer o que você gosta”
– “Ter medo de ‘se endividar’ é besteira, não existe empreendedor sem dívida, nem que seja dívida moral”
– “As pessoas tem medo de ‘dividir a ideia’ com medo de ser passado pra trás, procure um sócio, aprenda a dividir. É melhor ter 60% de um negócio real do que 100% de um imaginário.”
– “O empreendedor tem que parar de querer mudar o mundo sozinho. Quer mudar o mundo? Comece com um projeto por vez! Ache algo que você seja bom, ganhe dinheiro com isso e faça diferença na vida das pessoas”
– “Perdi mais de 100 mil dólares num projeto que criei: Luz de led com captação solar em postes, para uso nas cidades. Quis mudar o mundo, mas esqueci do principal… dependia da política pra ter algo na rua. Sabe o que eu ouvi? “Pra que implantar um sistema que vai ficar 27 anos sem manutenção se eu só tenho 4 anos de mandato??””
– “Empreender no Brasil é desafio, não deixar desanimar pelos impostos, pela burocracia e muito menos pela corrupção”

Muito bom, heim!

Eu queria estar lá!!!

Ano que vem tem de novo!

Se você também não foi, acompanhe os flashes por aqui nos posts da série “Virada Empreendedora”!

Sucesso aos Pais e Professores Empreendedores!

Até o próximo post!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *