Bebês livres = mais desenvolvimento

Olá!

Hoje a reflexão é sobre a liberdade dada aos bebês na fase em que engatinham e começam a andar.

Liberdade?

Será mesmo que eles têm isso?

Geralmente a coisa é bem limitada.

Seja alegando a segurança – do bebê ou das coisas da casa – seja por facilidades, é recorrente o uso de itens que cerceiam a liberdade do bebê.

“Limitar o movimento do bebê mantendo-o em berços, cercadinhos, carrinhos, cadeirinhas, bebê-conforto ou similares é inibir sua capacidade de interação, exploração, descoberta e aprendizagem. Em outras palavras, é desperdiçar suas potencialidades que pulsam com tanto vigor e contribuem diretamente para seu desenvolvimento físico, psíquico, cognitivo e social. Aqui vale uma nota: a liberdade de movimento e exploração nessa faixa etária é o maior estímulo que o bebê pode ter.” (Blog Ninguém Cresce Sozinho)

Por uma educação mais empreendedora: “DEIXE LIVRE O SEU BEBÊ!”

Tire os objetos de risco do lugar, reposicione os móveis, faça as adaptações que julgar necessárias pelo bem do seu bebê.

Sucesso na Educação Empreendedora!

Até o próximo post!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *