Voos que atendem Campos e Macaé serão transferidos do Santos Dumont para o Galeão

 

FOLHA01

O Folha Viagem mostrou com exclusividade na quarta-feira que Vitória vai ganhar quatro voos da Azul para o Santos Dumont a partir de 14 de novembro. A nova frequência sem escalas ainda depende da aprovação da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac). Para conseguir a liberação dos voos a Azul fará mudanças no Santos Dumont. A partir de 14 de novembro, a companhia Azul vai transferir para o Galeão os voos que atendem as cidades de Macaé e Campos dos Goytacazes.

A mudança ainda depende da aprovação da Anac. O Aeroporto do Galeão fica a 20 quilômetros do Centro do Rio de Janeiro. A Azul não fornece ônibus de graça entre os ois aeroportos. Atualmente a Azul tem três voos do Santos Dumont para Macaé e dois para Campos dos Goytacazes. No sentido contrário o número de voos é o mesmo. Nestas duas cidades a Azul opera sem concorrência, motivo de ter decidido transferir as operações para o Galeão.
Os voos são no ATR-72, avião turboélice com 70 lugares. Com a mudança, a Azul deixa de operar com o ATR-72 no Santos Dumont, aumentando a oferta de assentos com a utilização 100% dos jatos da Embraer com 118 assentos. Por outro lado, quem é do Espírito Santo, e trabalha na Bacia de Campos, terá que desembarcar no Santos Dumont, e ir até o Galeão, caso resolva viajar pela Azul.
Os cinco slots (autorização de pousos e decolagens) que a companhia possui no Santos Dumont e que são usados para os voos para o interior do Rio serão remanejados. A Azul vai utilizar os slots do aeroporto central do Rio para os novas rotas para Vitória e do Santos Dumont para Congonhas, em São Paulo. A Azul não possui voos em dias úteis para Congonhas.

Atualmente apenas a Gol oferece voos sem escalas entre as duas capitais. As passagens da capital capixaba para o Santos Dumont são vendidas no site da Gol por R$ 210,90 na ida ou volta. Em 1º de outubro deste ano a TAM suspendeu voos diretos de Vitória para o Santos Dumont. Assim que os voos da Azul para o Rio e Janeiro, a tendência é de uma guerra de tarifas entre as duas companhias. Com certeza teremos passagens por menos de R$ 80.

Para saber mais sobre viagens e promoções leia o Tudo Viagem

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *