Vila Santo André é um paraíso natural ainda pouco explorado

O visitante pode fazer um passeio pela Costa do Descobrimento, com uma lancha luxuosa.

A Vila de Santo André, na Costa do Descobrimento, sul da Bahia, que fica a 30 km ao norte de Porto Seguro, é um paraíso natural ainda pouco explorado. Com pouco mais de mil habitantes, o vilarejo pertence à cidade de Santa Cruz Cabrália. A vila tem se tornado uma rota turística atrativa para brasileiros, em especial, mineiros, paulistas e para estrangeiros, principalmente depois que a seleção alemã de futebol escolheu a vila para se concentrar antes da Copa do Mundo de 2014.

Além de hoteis em promoção, Santo André oferece atrativos únicos, ideais para o turismo de experiência. O visitante pode fazer um passeio pela Costa do Descobrimento, com uma lancha luxuosa (modelo Phantom 400). Ao embarcar, ele escolhe o menu que deseja saborear e o cardápio é preparado em alto mar por um chef.

Outra dica é fazer uma passeio de escuna pela Ilha dos Doces, e aproveitar para degustar os sabores da região e tomar banho de lama no mangue. Na vila há vários roteiros de escunas, tanto pelo Oceano Atlântico quanto pelo Rio João de Tiba, já que Santo André é cercada por ambos. Na baixa temporada, cerca de 350 turistas visitam a Costa do Descobrimento por semana, número que costuma dobrar no período de alta temporada e grande parte são mineiros”. A região oferece várias opções de hoteis com muito conforto.

A baiana Anete Caldas de Souza, mora em Santo André há três anos. Ela, que é turismóloga, descobriu a região em função de seu trabalho. É a responsável pela área de serviços da Katz Construções, que vai lançar um empreendimento na Praia de Araripe nos próximos meses.

stand up paddle_credito shutterstock

GASTRONOMIA

Alguns dos destaques da região são os restaurantes Maria Nilza, na Praia do Guaiú, famoso pelos pratos com polvo, o Ponta de Santo André, El Floridita, Vila Araticum, Victor Hugo, Santannas, Gaivota, Paralelo 16 e o Caju, que fica no hotel onde a seleção alemã ficou hospedada. Além disso, tem pequenos pontos de encontro para um bate papo para comer um bolinho de lagosta, acarajé, açaí e sorvetes.

COMO CHEGAR

Para conhecer a região, quem desembarca em Porto Seguro, deve seguir a BR 367 até Santa Cruz do Cabrália. De lá, o visitante pega uma balsa e segue para Santo André, o trajeto dura aproximadamente dez minutos. Assim quem chega ao vilarejo já pode vislumbrar o Rio João de Tiba, que passa pelo local.

Além de Santo André, há outros destinos próximos, como a Vila Santo Antônio, a Praia de Guaiú e a cidade de Belmonte. Barcos conectam esses lugares, proporcionando ao turista uma experiência inesquecível, tanto pelas paisagens quanto pelo artesanato indígena e ribeirinho (um dos destaques é o trabalho de cerâmica da artesã Dona Dagmar, responsável pela maior panela de barro do mundo).

FONTE: TUDO VIAGEM

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *