Ônibus não circulam no Bairro da Penha

Mensagem enviada por: CHRISTIANE
BAIRRO DA PENHA SEM ÔNIBUS

MORADORES DO BAIRRO DA PENHA ESTÃO SAINDO DE SUAS CASAS E ANDANDO ATÉ AVENIDA MARUÍPE, OS ÔNIBUS PARARAM DE CIRCULAR APÓS BANDIDOS DO BAIRRO TEREM INCENDIADO UM ÔNIBUS NA 2º FEIRA. DESDE ENTÃO OS MORADORES DEPARAM-SE COM GRANDES DIFICULDADES PARA IR AO TRABALHO E BUSCAR ATENDIMENTO MÉDICO.
A PREFEITURA DIZ QUE IRÁ AVERIGUAR.
A VIÇÃO GRANDE VITÓRIA DIZ QUE NÃO É SEGURO.
A POLICIA DIZ QUE OCUPOU O BAIRRO, MAS NÃO PRENDEU OS RESPONSÁVEIS.
ESTAMOS Á DERIVA, SÓ PODEMOS CRÊ EM DEUS!

One Reply to “Ônibus não circulam no Bairro da Penha”

  1. Vem ca como eu disse porque na hora que a policia for prender os traficamtes nao prendem tanbem os moradores que batem na pm jogam pedras nas viaturas, e incendeiamos onibus pra que a policia os solte, afinal isso tanbem nao é ASSOCIAÇAO AO TRAFICO DE DROGAS E TAMBEN CRIME DE CUMPLICIDADE E DESACATO A AUTORIDADE ALEM DE DEPREDAÇAO DE PATRIMONIO PUBLICO, ou seja a PM tanbem se mostra despreparada e desatualizada pois essas pessoas cometem estes crimes e um deles e ediondo que é o ASSOCIAÇAO AO TRAFICO DE DROGAS, ja que defender um traficante e agredir uma autoridade policial, pelo mesmo ter cido pego em flagrante tamben tentar soltalo a força sabendo desse crime otorna tamben aluem que esta aredi favor e associado ao trafico de drogas, por isso esses bairros estao assin bagunçados e a PM perdida nao fazem valer a ei e quando prender seria bom levar um promotor junto, pramostrar a esses policiais que quem protege traficante preso em flagrante delito e tenta ir e agredir uma autoridade policial torna se tamben crime de ASSOCIAÇAO AO TRAFICO DE DROGAS, JA QUE O INDIVIDUO ESTA AJUDNDO ALGEM QUE COMETEU UM CRIME HEIONDO A FUJIR DA APLICAÇAO DA LEI, AGREDINDO A AUTORIDADE POLICIAL, jornalistass abordem mais esse tema e tirem essa nossa duvida talves assin os proprios pms teriam uma arma a mais contra o trafico e quem vive dele e traz paz e esperança pra essa comunidades, ob tv vitoria

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *