• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Iêmen: presidente renuncia ao cargo após confronto com rebeldes

Geral

Iêmen: presidente renuncia ao cargo após confronto com rebeldes

Sanaa - O presidente do Iêmen renunciou ao cargo nesta quinta-feira, após dois dias de confronto em que rebeldes do grupo Houthis tomaram os principais prédios públicos da capital e o confinaram em sua residência.

Abed Rabbo Mansour Hadi, um aliado próximo dos Estados Unidos, entregou sua renúncia ao Parlamento depois que foi pressionado a fazer novas concessões aos rebeldes do grupo xiita Houthis, que são acusados de terem ligação com o Irã. Eles negam qualquer vínculo.

Militares próximos ao presidente afirmaram que Hadi renunciou depois que o Houthis o pressionou a fazer um discurso televisionado, onde pediria para o povo iemenita voltar à sua rotina. Eles também afirmaram que os rebeldes queriam ter representantes em seu gabinete, no Ministério da Defesa e nas capitais das províncias, o que Hadi rejeitou.

A Constituição iemenita diz que o presidente do parlamento, Yahia al-Rai, um aliado próximo do presidente deposto Ali Abdullah Saleh, deve assumir o cargo no momento. Mais cedo, o gabinete de governo do primeiro-ministro Khaled Bahah também havia renunciado a seus cargos.

O governo tecnocrático de Bahah foi formado em novembro como parte de um acordo de paz negociado pelas Nações Unidas depois que o Houthis tomaram controle da capital, em setembro. Hoje, Bahah apresentou sua renúncia afirmando que "queria evitar ser tragado para um abismo de políticas não construtivas baseadas em lei alguma."

"Nós não queremos fazer parte do que está acontecendo ou irá acontecer", ele escreveu. Fonte: Associated Press.