• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Mãe de brasileiro no corredor da morte pedirá ajuda ao papa

  • COMPARTILHE
Geral

Mãe de brasileiro no corredor da morte pedirá ajuda ao papa

Gularte foi preso em 2004, no aeroporto de Jacarta, quando estava a caminho de Bali. Ele transportava 6 quilos de cocaína em oito pranchas de surfe

O pedido de ajuda que a família fará ao papa foi anunciado pelo advogado da família Foto: R7

Clarisse Teixeira Gularte, mãe de Rodrigo Muxfeldt Gularte, condenado à pena de morte na Indonésia por tráfico de drogas, vai pedir ajuda ao papa Francisco para que o seu filho não seja executado, de acordo com informações do jornal Estadão Conteúdo. 

Na terça-feira (20), o governo indonésio negou o apelo feito pela presidente Dilma Rousseff. 

Gularte foi preso em 2004, no aeroporto de Jacarta, quando estava a caminho de Bali. Ele transportava 6 quilos de cocaína em oito pranchas de surfe. Sua execução pode ocorrer no próximo mês, segundo autoridades do país asiático.

O pedido de ajuda que a família fará ao papa foi anunciado pelo advogado da família, Cleverson Marinho Teixeira. Segundo ele, a mãe do condenado ficou assustada quando soube do fuzilamento de Marco Archer Cardoso Moreira, morto no fim de semana, após ser condenado por tráfico de drogas.  

A mãe de Gularte já fez oito visitas ao filho nos últimos dez anos, desde que ele foi detido. Na última visita, em agosto de 2014, ela percebeu que o filho estava muito transtornado. Com o apoio da Embaixada brasileira na Indonésia, ela solicitou avaliação psiquiátrica às autoridades locais e os médicos constataram esquizofrenia.