• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Instituto verifica mais de 50 radares espalhados por rodovias capixabas

Geral

Instituto verifica mais de 50 radares espalhados por rodovias capixabas

Para aplicação de multas, em caso de excesso de velocidade, os equipamentos necessariamente devem estar verificados pelo Ipem-ES

Radar de velocidade na BR-262, em Cariacica | Foto: Breno Ribeiro/Folha Vitória

A partir de segunda-feira (8), o Instituto de Pesos e Medidas do Estado do Espírito Santo (Ipem-ES), órgão delegado no Inmetro, vai verificar 55 radares de velocidade, totalizando 103 faixas de circulação, instalados em várias rodovias capixabas.

A maior parte dos equipamentos está localizada em pontos das BRs 101 e 262, mas também haverá verificação nas BRs 259 e 482 (confira a programação).

“Se forem aprovados na verificação, esses radares já estarão aptos para entrar em funcionamento, garantindo mais segurança nas estradas, sobretudo nessa época em que as viagens aumentam e recebemos tantos turistas”, destacou a diretora-geral do Ipem-ES, Claudia Lemos.

A diretora ressalta, ainda, que a verificação de radares é uma atividade rotineira do Ipem/ES, sendo realizada a partir da solicitação das operadoras, que devem informar os equipamentos que estão aptos a passarem pela verificação.

As validades das verificações de radares realizadas pelo Ipem/ES podem ser consultadas no site www.ipem.es.gov.br, na aba de serviços, ícone “VALIDADE DA VERIFICAÇÃO DE INSTRUMENTOS”.

Cidades

Ao longo do mês, as equipes do instituto vão verificar radares instalados nos municípios de Águia Branca, Alegre, Anchieta, Barra de São Francisco, Castelo, Colatina, Conceição da Barra, Domingos Martins, Guaçuí, Guarapari, João Neiva, Linhares, Marechal Floriano, Pedro Canário, São Gabriel da Palha, São Mateus, São Roque do Canaã, Serra e Vila Velha.

Conforme a Portaria Inmetro 544/2014, é obrigatória a verificação uma vez por ano, ou toda vez que o equipamento passar por reparo.

A verificação leva de 20 minutos a 1 hora. A ação envolve fiscais do Ipem-ES, equipe da empresa responsável pelo radar e agentes de trânsito. Para evitar acidentes, na ocasião fica impossibilitada a passagem de pedestres e veículos na via.

Em caso de chuva, a verificação é cancelada, o que pode ocorrer poucas horas do agendado, conforme solicitação dos agentes de trânsito ou empresa responsável pelo radar. Caso o equipamento seja aprovado, recebe um certificado válido por um ano. Quando há reprovação, a empresa fabricante é notificada, para corrigir o erro.

Para aplicação de multas, em caso de excesso de velocidade, o equipamento necessariamente deve estar verificado pelo Ipem-ES.