• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Prefeitura de Vitória lança campanha para reduzir assédio contra mulheres no Carnaval

Geral

Prefeitura de Vitória lança campanha para reduzir assédio contra mulheres no Carnaval

A campanha vai trazer frases de alerta para identificar os tipos de assédio que acontecem durante o período de festas. Algumas das frases da campanha são "Sexo sem consentimento é estupro" e "Depois do "Não" tudo é assédio"

Buscando conscientizar a população e reduzir os crescentes índices de violência contra as mulheres, a Prefeitura de Vitória vai realizar uma campanha contra o assédio, que tem uma crescente nesse período de Carnaval.

A campanha, que acontecerá nas mídias sociais da administração, vai trazer frases de alerta para identificar os tipos de assédio que acontecem durante o período de festas. Algumas das frases da campanha são "Sexo sem consentimento é estupro", "Depois do "Não" tudo é assédio" e "O corpo dela não é sua folia".

A secretária de Cidadania, Direitos Humanos e Trabalho, Nara Borgo, acredita que, por conta do pensamento algumas vezes machista, a mulher que quer se divertir como qualquer outra pessoa ainda é a maior vítima de violência.

"O comportamento machista ainda acha que uma mulher não pode usar uma fantasia e pular Carnaval apenas para se divertir. Ele acredita que ela está disponível e, com isso, pode assediá-la livremente sem ser punido. E isso precisa mudar. São dicas importantes que vamos publicar nas nossas redes sociais para alertá-los de que depois do 'Não' é tudo assédio".

O material produzido pela prefeitura faz referência ainda a uma pesquisa realizada pelo Instituto Data Popular, que revelou que quase metade dos homens entrevistados disse que a folia não é lugar para "mulher direita".

Onde denunciar

As mulheres que se sentirem violadas em seus direitos podem fazer as denúncias pelo telefone 180 ou procurar a Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher, que funciona 24 horas.

Além disso, a Semcid disponibiliza o Centro de Atendimento de Referência à Mulher em Situação de Violência (Cramsv). O atendimento funciona de segunda e sexta-feira, das 12 às 19 horas, no Centro Integrado de Cidadania (CIC) Zumbi dos Palmares, mais conhecido como Casa do Cidadão, em Itararé.