• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Arcelor vai instalar filtro em chaminé para reduzir poluição em Vitória

  • COMPARTILHE
Geral

Arcelor vai instalar filtro em chaminé para reduzir poluição em Vitória

O equipamento custou R$ 101 milhões e sua implantação, já aprovada pelo Instituto Estadual de Meio Ambiente (Iema), deverá ser feita até janeiro de 2018

Empresa colocará filtros de manga para evitar que partículas de minério poluam o ar Foto: ​Divulgação

Após manifestações populares, CPI do Pó Preto e até o fechamento do Porto de Tubarão pela Polícia Federal, a ArcelorMittal anunciou, nesta quarta-feira (24), que irá implantar um sistema para reduzir a emissão de partículas de minério do ar da Grande Vitória. 

Com o novo equipamento, a expectativa é de que haja uma redução de até 90% das emissões de material particulado total da chaminé de sinterização e solucione o problema da visibilidade da pluma gerada naquela área. 

A implantação, já aprovada pelo Instituto Estadual de Meio Ambiente (Iema), deverá ser feita até janeiro de 2018 por aproximadamente 400 funcionários diretos e indiretos e pretende reduzir em até 18% as emissões da companhia como um todo. Segundo a empresa, o equipamento, denominado Gas Cleaning Bag Filter, custou R$ 101 milhões. 

Trata-se um sistema de filtros que promovem a limpeza do gás por meio da retenção física das partículas. Com cerca de 1,5 mil toneladas e ocupando 4,5 mil metros quadrados, ele será utilizado potencializar ainda mais a filtragem das partículas contido nos gases.

De acordo com o gerente de Meio Ambiente da Arcelor, João Bosco da Silva, com a instalação dos filtros “reduziremos significativamente a visibilidade da pluma da chaminé da sinterização, que é nosso compromisso com o Governo Estadual. Também haverá expressiva redução do material particulado total da usina, da ordem de 17%”. 

O gerente garantiu ainda que a performance do equipamento será acompanhada online “por meio de um sistema instalado na chaminé e alinhar esses resultados, mensalmente, com os órgãos competentes. A empresa já atende aos padrões exigidos pela lei e agora vai baixar ainda mais esses índices”, concluiu.

Veja como funcionará o equipamento:

Foto: ​