• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Corpos de homens eletrocutados são enterrados em Cariacica

Geral

Corpos de homens eletrocutados são enterrados em Cariacica

Um deles recebeu uma descarga elétrica enquanto tentava consertar uma máquina de lavar roupas

O comerciante foi velado em uma igreja do bairro

A igreja pentecostal de Sotelândia, em Cariacica, foi o local que a família do comerciante Carlos Elias Leal, de 42 anos, escolheu para vela-lo. Desde a madrugada desta terça-feira (6) parentes, vizinhos e amigos de infância se revezavam para dar o adeus. Carlos morreu depois de receber um choque elétrico na tarde da última segunda-feira (5).

O comerciante foi eletrocutado na área de serviços de casa quando tentava consertar a máquina de lavar roupas. O equipamento de solda que ele utilizava estava com o fio desencapado. Esse fio acabou encostando no chão da área, que estava parcialmente molhado, e o comerciante recebeu uma descarga elétrica. Ele chegou a ser socorrido pelo Samu, mas não resistiu.

“Quando eu cheguei no local estavam os paramédicos tentando reanima-lo, fazendo a massagem cardíaca, mas não teve jeito”, contou o pastor Carlos Augusto Silva de Oliveira.

Carlos Elias nasceu e foi criado em Sotelândia, era separado e pai de um casal de filhos. Há pelo menos 30 anos trabalhava com manutenção de máquinas e equipamentos.

Foi em uma situação parecida que o também comerciante Erildo Loterio da Penha, de 43 anos, morreu, após receber uma descarga elétrica. O acidente aconteceu em Cariacica. Erildo tinha estava mexendo na rede elétrica, porque expandia o estabelecimento. Ele tentava isolar um fio quando acabou tomando um choque e desmaiou. Chegou a ser atendido pelo Samu, mas não reagiu e acabou morrendo no local. A vítima deixou esposa e dois filhos.

O sepultamento de Erildo Lotério, de Rio Marinho, foi marcado para às 12 horas. O de Carlos Elias, de Sotelândia, foi marcado para as 14 horas.