• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Pedras que interditam BR-259 só devem ser retiradas no final do mês, diz DNIT

  • COMPARTILHE
Geral

Pedras que interditam BR-259 só devem ser retiradas no final do mês, diz DNIT

A via está interditada desde a última terça-feira (6), quando aconteceu uma queda de barreira na altura de Itapina, em Colatina

Thaiz Blunck

Redação Folha Vitória

As pedras que interditam a BR-259, entre os municípios de Colatina e Baixo Guandu, desde a última terça-feira (6), só devem ser retiradas da via somente no final de fevereiro. Segundo o Departamento Nacional de Infraestrutura e Trânsito (DNIT), a contratação da empresa para a realização do serviço está prevista para acontecer no final do mês e, tendo em vista a gravidade da situação encontrada, deverá acontecer por decretação de emergência.

Segundo o órgão, "após a realização de imagens áreas para verificar a magnitude da interferência e dos riscos associados, foi constatado que não se trata apenas da remoção dos blocos da pista, já que, devido à instabilidade da encosta corroborado com a instabilidade climático, o problema é considerado mais grave".

Com isso, para garantir a segurança e integridade dos usuários, a rodovia foi totalmente interditada e o órgão providenciou a instalação de blocos de concreto para impedir a passagem de veículos e pedestres, além de instalar placas de advertência (pista interditada) em pontos relevantes da BR 259/ES. Também foi solicitado o apoio a PRF e a Polícia Militar para possíveis usuários que tentassem invadir a área interditada.

Queda
De acordo com o DNIT, a queda dos blocos foi provocada pela ação das chuvas em excesso que atingiu a região de Itapina em Colatina. O órgão explicou que a água provocou o carreamento das partículas de solo e rochas de menores proporções que davam sustentação aos blocos de maior proporção, o que ocasionou a queda de blocos de grandes proporções e desestabilizou a encosta, deixando a área com riscos de novos desabamentos e riscos eminentes aos usuários da vida. 

Acidente

Na noite da última terça-feira (13) um motorista acabou batendo contra as pedras que obstruem a passagem pela rodovia há mais de uma semana. De acordo com informações da Polícia Rodoviária Federal, o acidente aconteceu por volta das 22 horas e o motorista do caminhão foi encaminhado para um hospital da cidade de Baixo Guandu após sofrer ferimentos leves, causados pelo impacto.

Veja as rotas alternativas