• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Tristeza e indignação no enterro de motorista de aplicativo morto em Vila Velha

Geral

Tristeza e indignação no enterro de motorista de aplicativo morto em Vila Velha

Gilson Matos Pereira morreu após uma tentativa de assalto no bairro Jóquei de Itaparica, na noite da última terça-feira (21)

O enterro aconteceu na manhã desta quinta-feira (22) | Foto: TV Vitória

O corpo do motorista de aplicativo de corridas assassinado em Vila Velha foi sepultado na manhã desta quinta-feira (22), na Serra. Gilson Matos Pereira morreu durante uma tentativa de assalto que aconteceu no bairro Jóquei de Itaparica na noite da última terça-feira (20).

O corpo do motorista foi velado em um cemitério da cidade. Amigos e familiares estiveram no local para dar o último adeus. Em meio a tristeza, está a indignação dos colegas de trabalho. Nos veículos, foram escritas frases de luto. "A informação que temos é que, ao finalizar a corrida ele andou alguns metros com o carro e os próprios passageiros informaram que ouviram tiros", disse o motorista André Luis Pereira.

A investigação sobre a morte do motorista está a cargo da delegacia de furtos e roubos de veículos de Vitória. De acordo com um dos investigadores, as diligências já começaram e a prisão do suspeito pode ocorrer a qualquer momento.

Imagens de câmeras de segurança foram recolhidas pela polícia e estão ajudando na identificação do suspeito. Em entrevista para a TV Vitória, na quarta-feira (21), familiares, que não quiseram ser identificados, relataram que filhos do motorista já tinham alertado o pai sobre o perigo de reagir durante um assalto. "Ele nunca tinha sofrido nada e não tinha o costume de trabalhar a noite. Ele preferia trabalhar ao dia, justamente por causa dessa onda de assalto", disse.