• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Após quase três horas, manifestantes encerram protesto na Serra

  • COMPARTILHE
Geral

Após quase três horas, manifestantes encerram protesto na Serra

Os manifestantes reivindicam que a UTIN (UTI Neonatal) do Dório Silva não seja transferida para o Hospital Geral e Infantil Dr. Alzir Bernardino Alves (Himaba), em Vila Velha

Os manifestantes interditaram o trânsito no início da manhã Foto: Divulgação/ Rubia/ Utilidade Capixaba

Após quase três horas de protesto, os Profissionais da Saúde do Estado, liderados pelo Sindicato dos Trabalhadores da Saúde no Espírito Santo (Sindsaúde-ES), encerraram o protesto que começou às 8 horas desta sexta-feira (27), na Serra.

Veja como está o trânsito após o fim do protesto!

A manifestação foi realizada por causa do fechamento da UTI Neonatal do Hospital Dório Silva. O trânsito ficou complicado para os motoristas que seguiam no sentido Laranjeiras. Eles realizaram uma caminhada até o Dório Silva, onde permaneceram até as 10h50. 

Entenda a manifestação

Os manifestantes reivindicam que a UTIN (UTI Neonatal) do Dório Silva não seja transferida para o Hospital Geral e Infantil Dr. Alzir Bernardino Alves (Himaba), em Vila Velha. Segundo o Sindicato, a transferência vai acarretar falta de leitos para a população da Serra e de todo o norte do Estado, e também para pacientes do Sul da Bahia. Isso porque os atuais 26 leitos da UTIN do Dório Silva funcionam como retaguarda para o hospital Jayme Santos Neves, também localizado na Serra.

De acordo com Sindsaúde-ES, a medida considera apenas aspectos econômicos e aumentará as demandas por remoções que podem ultrapassar as 24 horas para serem atendidas, o que colocaria a vida de pacientes em risco. Além disso, os manifestantes dizem que o Himaba, em Vila Velha, não conseguirá absorver toda essa demanda, mesmo com a transferência da UTIN.

Os trabalhadores da Saúde exigem, ainda, que mais de 40 leitos que estão fechados no Dório Silva, distribuídos entre duas enfermarias e uma sala de urgência desativadas, sejam reocupadas, e os trabalhadores da Saúde demitidos sejam recontratados.

Em entrevista ao Jornal da TV Vitória, a diretora do Hospital Dório Silva disse que os trabalhadores da Utin também serão transferidos para o Himaba. A data da transferência ainda não foi definida, mas, segundo a diretora, o Hospital de Vila Velha está preparado para receber os bebês internados. “Além de permitir a transferência dos 26 leitos de Utin do Dório, que serão somados aos 26 leitos de Utin do Himaba, também vai permitir a ampliação dos leitos de UTI pediátrica. Com a otimização de equipe, seja médica ou de enfermagem, equipamentos e medicamentos. Nós vamos possibilitar ampliar de quatro para oito leitos de UTI pediátrica”. 

Outro protesto

A manhã desta sexta-feira (27) está sendo marcada por protestos. Estudantes estão realizando uma manifestação na Rodovia do Sol, em Vila Velha, com destino ao centro do município. Os estudantes pedem melhorias nas escolas.