• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Mãe de menino morto no Alemão diz ter sido ameaçada de morte

  • COMPARTILHE
Geral

Mãe de menino morto no Alemão diz ter sido ameaçada de morte

Teresina - O corpo de Eduardo de Jesus Ferreira, 10 anos, morto no Complexo do Alemão, na zona norte do Rio, foi velado na casa de sua tia Maria de Lourdes Lopes, de 48 anos, em Corrente (872 km de Teresina), no Piauí. O sepultamento ocorreu por volta das 17 horas no cemitério local. A mãe do menino, Terezinha de Jesus Ferreira, denunciou que está recebendo ameaças de morte, mas disse que não se calará sobre a morte do filho.

Terezinha não especificou de quem partiu as ameaças e estimulou as mães que perderam os filhos da mesma forma a denunciar os casos. Ela voltou a afirmar que o filho não foi morto por uma bala perdida e disse que a foto que circula nas redes sociais, de um garoto segurando um fuzil, não é de Eduardo.

A coordenação das Unidades de Polícia Pacificadora (UPPs) afirmou no domingo que Eduardo foi baleado durante confronto entre policiais e traficantes do Alemão. Terezinha contradiz a versão e afirma que o filho foi morto por um policial quando brincava na porta de casa, na localidade de Areal.

Houve uma grande comoção no velório. A tia da criança passou mal, desmaiou e teve de ser atendida no hospital. Terezinha disse que volta ao Rio para acompanhar o desenrolar das investigações sobre a morte do seu filho e depois pretende voltar a morar no Piauí. "Vou lutar até o fim para ver esse policial atrás das grades", finalizou.