• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Mosteiro de Ibiraçu será palco de intervenção com flores vermelhas

Geral

Mosteiro de Ibiraçu será palco de intervenção com flores vermelhas

O projeto foi contemplado no Prêmio Funarte Mulheres nas Artes Visuais 2013 Foto: Divulgação

O Mosteiro Zen em Ibiraçu será transformado em um verdadeiro jardim suspenso, a partir do próximo dia 25. Durante a estreia da exposição “Em lugar nenhum / em todo lugar”, será realizada uma intervenção com flores, organizada pela artista Jacqueline Belotti. Serão cerca de 500 vasos de flores vermelhas - crisântemos, encomendadas diretamente da Cidade das Flores, Holambra (SP), para recobrir o espaço criando um plano elevado, um verdadeiro jardim suspenso no verde da paisagem. Ao final as flores serão ofertadas ao publico presente nesse dia.

A intenção é promover interações e reflexões a partir da obra, além de encantar os convidados. As artistas Chang Chi Chai, Isabel Löfgren e Jacqueline Belotti, responsáveis pela iniciativa têm trabalhos e ações apoiadas em diversas culturas. Produzem obras conectadas a diversas nações, como China, Suécia e Itália, articulando o local de origem que transportam na memória às diferentes vivências e subjetividades.

Para o evento, a artista Isabel Löfgren, vai utilizar o vidro da janela como superfície para a obra. Vai afixar pequenos alto-falantes no próprio vidro da Estação Cultural do Mosteiro, fazendo com que a vidraça se torne uma parede sonora. Serão 5 pequeninas caixas de som com um texto lido por ela em vários idiomas, e o resultado será uma 'parede de babel'.

Já a artista Chang Chi Chai pesquisa uma diversidade de aromas e realizará uma obra olfativa, efêmera, apoiada nos princípios do Zen. O Zen busca a concentração, e favorece o coração centrado. A obra é também um meio de favorecer o surgimento da paz e quietude na mente do observador.

Haverá, ainda, uma homenagem ao artista Rodrigo Rosa, in memoriam. Ao final da tarde, a Estação Cultural será transformada numa grande caixa de luz, iluminada por dezenas de velas com a participação do público, conforme o projeto que o artista pretendia realizar. Um minuto de silêncio se fará nesse momento.

Serviço

A exposição acontecerá na Estação Cultural Morro da Vargem - espaço destinado à Residência Artística do Mosteiro Zen. Em seguida, um debate com projeção de imagens do processo criativo das artistas se realizará na GAP – Galeria de Arte e Pesquisa da Universidade Federal do Espírito Santo (UFES). Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (27) 99859-1807.
 
25 de maio – A exposição acontecerá das 9h às 17h, no Mosteiro Zen Morro da Vargem, que fica na BR 101, Km 217. (A portaria do Mosteiro é situada a 2 km a partir da  Praça do Tôrii (km 217). Nesse dia, às 16h, haverá uma homenagem ao artista Rodrigo Rosa, in memoriam. (aberto ao público);

27 de maio – Debate aberto ao público com Chang Chi Chai, Isabel Löfgren, Jacqueline Belotti e Marisa Flórido Cesar, às 14h, na UFES, GAP – Galeria de Arte e Pesquisa, que se localiza no Centro de Vivência, no prédio ao lado do Cine Metrópolis.