• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Cães farejadores descobrem trajeto de médica capixaba fora do aeroporto

Geral

Cães farejadores descobrem trajeto de médica capixaba fora do aeroporto

Em um dos hotéis da região em que a polícia fez as buscas, o recepcionista reconheceu a fotografia de Eliza e afirmou a médica tentou se hospedar no estabelecimento por volta das 22h50

O cachorro da polícia foi usado para ajudar os policiais na busca pela médica na região da Avenida Paulista Foto: Reprodução

Com a ajuda de cães farejadores, a polícia encontrou pistas da médica capixaba que desapareceu depois de desembarcar no aeroporto de Guarulhos, em São Paulo, na última quarta-feira (25). Eliza Cremasco foi vista em um hotel, na região central da cidade.

O cachorro da polícia foi usado para ajudar os policiais na busca pela médica na região da Avenida Paulista, onde a médica foi deixada por um táxi. Segundo a Guarda Municipal de São Paulo, o comportamento do cão indica que Eliza esteve no local, mas que deve ter embarcado em algum veículo, pois seu rastro terminava ali.

Segundo seu irmão, Pedro Cremasco, Eliza tentou se hospedar em hotéis no centro de São Paulo, mas como não tinha dinheiro, não conseguiu. Ainda não se sabe como a médica conseguiu se locomover pela cidade.

Em um dos hotéis da região em que a polícia fez as buscas, o recepcionista reconheceu a fotografia de Eliza. Segundo Alex Custodio, a médica tentou se hospedar no estabelecimento por volta das 22h50 da quarta-feira e parecia bastante cansada.

Videomonitoramento

Imagens de câmeras de videomonitoramento que mostram a médica capixaba andando pelo Aeroporto de Guarulhos, em São Paulo, pouco depois de ter se perdido de uma amiga, com quem havia passado cerca de 15 dias na Itália, foram divulgadas pela polícia.

Eliza Cremasco e a amiga dela desembarcaram, por volta das 5 horas de quarta-feira, no terminal 3 do Aeroporto de Guarulhos. Três horas depois, elas aparecem entrando no terminal 2, pela porta da frente. A partir daí as duas se separaram. 

Eliza foi vista, logo em seguida, chegando sozinha no desembarque internacional, onde permaneceu por cerca de dois minutos sentada. Em seguida, se levantou, deixando as malas e a mochila para trás. 

Nas imagens feitas pelas câmeras do aeroporto, ela aparece caminhando sozinha por várias áreas como se estivesse procurando alguma coisa. Depois, Eliza desaparece. A polícia fez várias buscas pelo aeroporto durante a madrugada, mas não encontrou nenhuma pista. 

Saiba mais sobre o desaparecimento

Eliza Cremasco desapareceu no Aeroporto Internacional de Guarulhos após voltar da Itália junto com uma amiga. As duas desembarcaram por volta das 5 horas, no terminal 3. Três horas depois, elas aparecem entrando no terminal 2 pela porta da frente, a partir daí as duas se separaram. 

Eliza foi vista logo em seguida chegando sozinha no desembarque internacional, onde permaneceu por cerca de dois minutos sentada. Em seguida, se levantou, deixando as malas e a mochila para trás. Nas imagens feitas pelas câmeras do aeroporto, ela aparece caminhando sozinha por várias áreas como se estivesse procurando alguma coisa. Depois, Eliza desaparece. 

A polícia fez várias buscas pelo aeroporto durante a madrugada, mas não encontrou nenhuma pista. O desaparecimento da médica ainda é um mistério. A amiga de Eliza, Luiza Guimarães acabou voltando para Vitória sem esperar pela amiga. 

O sobrinho da vítima foi até São Paulo para ajudar nas buscas e não imagina o que pode ter acontecido com a tia. "Ela não tem problema de saúde que comprometa a capacidade de orientação. Tanto que ela viajou e voltou. Pode ser que o fato dela ter se perdido da amiga, tenha a deixado em pânico", disse João Campos Cremasco.