• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Após semana de paralisação, trabalhadores dos Correios encerram greve no Estado

  • COMPARTILHE
Geral

Após semana de paralisação, trabalhadores dos Correios encerram greve no Estado

O acordo aprovado na tarde desta quinta-feira (04) prevê a volta ao trabalho a partir das 22 horas e nesta sexta-feira (05), as agências e unidades de distribuição voltarão a funcionar

Apesar de terem aceito a proposta da empresa, a questão das férias foi amplamente rejeitada pela categoria. Foto: Divulgação

Em assembleia na Praça Oito, no Centro de Vitória, os trabalhadores dos Correios se reuniram e encerraram a greve da categoria na tarde desta quinta-feira (04).

Os trabalhadores aceitaram a nova proposta apresentada pela empresa, que inclui a criação de uma comissão para tratar da segurança e suspensão da implantação da Distribuição Domiciliar Alternada (DDA). 

Apesar de aceitaram parte da proposta da empresa, a questão das férias, que foi motivo de impasse nos últimos dias de negociação, foi amplamente rejeitada pela categoria.  

Segundo o presidente do Sindicato dos Trabalhadores das Empresas de Correios e Telégrafos no Espírito Santo (Sintect-ES), Fischer Marcelo, a greve serviu para despertar os trabalhadores. 

"Nós estamos mobilizados e não aceitamos perder direitos. Mesmo sem atender a todos os nossos anseios, o fato de que conseguimos evitar a pressão de um processo de demissão motivada é uma vitória. Conseguimos defender nossos empregos e mostrar que estamos firmes na luta”, disse. 

No Espírito Santo, a paralisação chegou a atingir 70% da categoria em uma semana de paralisação e contou com a adesão de muitos trabalhadores de municípios do interior. O acordo aprovado hoje prevê a volta ao trabalho a partir das 22 horas. A partir desta sexta-feira (05) as agências e unidades de distribuição devem voltar a funcionar normalmente.