• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Maiores cidades do interior de SP reduzem suas frotas de ônibus

Geral

Maiores cidades do interior de SP reduzem suas frotas de ônibus

Empresas de transporte coletivo de Campinas, São José dos Campos e Sorocaba, três das maiores cidades do interior paulista, reduziram a frota de ônibus em circulação nesta quinta-feira, 24, para poupar diesel. As empresas estão com os estoques próprios baixos e já falta combustível nos postos das cidades em razão da greve dos caminhoneiros, que entrou no quarto dia. O objetivo é evitar que falta total de combustível paralise o transporte.

Em Campinas, a Empresa Municipal de Desenvolvimento (Emdec) optou pela redução de 40% na frota para evitar a paralisação total do serviço por falta de combustível. Dos cerca de mil ônibus da frota operacional, 400 estão sendo poupados, principalmente nos horários de menos movimento. Desde a madrugada, há filas nos pontos de embarque. Empresas de transporte intermunicipal também reduziram o número de ônibus nas linhas.

Em São José dos Campos, a prefeitura informou que a frota será reduzida das 9h às 11h, das 14h às 16h e após as 20h. Na manhã desta quinta, usuários relatavam um intervalo maior entre os ônibus e filas extensas nos pontos de embarque. A prefeitura informou que as medidas podem ser alteradas a qualquer momento, em função de mudanças no quadro causado pela greve dos caminhoneiros.

Em Sorocaba, as empresas estão reduzindo a quantidade de ônibus em circulação das 8h30 às 16h30 e após as 19h. Nos principais corredores que ligam os bairros ao centro havia filas de passageiros na manhã desta quinta. Empresas de ônibus que operam linhas intermunicipais aumentaram o intervalo entre os horários para poupar combustível.

Em Itapetininga, dois bairros da zona rural tiveram a suspensão das linhas e os moradores estão sem ônibus desde a tarde desta quarta-feira.