• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Cachoeirenses terão desconto no IPTU ao pedir nota fiscal no comércio local

  • COMPARTILHE
Geral

Cachoeirenses terão desconto no IPTU ao pedir nota fiscal no comércio local

Os créditos do programa, que que foi lançado nesta quinta-feira (16), são válidos por dois anos e as pessoas físicas podem acumular até 100% no IPTU

O programa que garante o desconto no IPTU foi lançado em Cachoeiro nesta quinta-feira (16) Foto: ​Divulgação/PMCI

Com o objetivo de incentivar a população a solicitar nota fiscal e os prestadores de serviços a emiti-la, Secretaria de Fazenda de Cachoeiro de Itapemirim lançou nesta quinta-feira (16), o programa ‘Nota Cachoeiro’, que dará descontos no pagamento do Imposto Predial Territorial e Urbano (IPTU).

Com a iniciativa, o contribuinte que pedir a nota de um serviço que contratou terá direito a crédito de 10% do valor do Imposto Sobre Serviços (ISS) pago, para fins de abatimento no seu IPTU de 2017 e anos seguintes.

“Para conseguir o benefício, ao pedir a nota fiscal, o cidadão precisa informar o número de seu CPF. Não é necessário, porém, que o imóvel pertença a ele. Pode ser a residência de algum parente ou, então, da qual é inquilino”, explica o subsecretário tributário da Secretaria de Fazenda, Elimário Grola.

Somente pessoas físicas têm direito aos créditos do programa, que terá validade de dois anos e poderão ser acumulados até alcançar desconto de 100% no IPTU dos próximos anos.

Outra novidade é que os contribuintes vão poder acompanhar os créditos obtidos a partir do programa acessando a Agência Cachoeiro de Atendimento Virtual, plataforma digital que também foi lançada nesta quinta-feira (16).

“Graças a muito trabalho coletivo, com mão de obra própria, das equipes da Secretaria Municipal de Fazenda e da Dataci, estamos entregando mais essas ferramentas, de grande importância, que vão garantir mais cidadania e dignidade ao cachoeirense”, avalia o prefeito Carlos Casteglione (PT).