• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Maior mural de grafite do ES é inaugurado e homenageia vítimas de abuso infantil

  • COMPARTILHE
Geral

Maior mural de grafite do ES é inaugurado e homenageia vítimas de abuso infantil

O Memorial Araceli conta com um mural de grafite com cerca de 1,4 mil metros quadrados e um grande jardim, no viaduto que também leva o nome da menina Araceli Cabrera Sánchez Crespo

Araceli Cabrera Sánchez Crespo foi brutalmente morta no dia 18 de maio de 1973 Foto: Diego Alves

O domingo (4) no final da praia de Camburi, em Vitória, foi dia de homenagear e chamar a atenção para o combate ao abuso e à exploração sexual de crianças e adolescentes. Foi inaugurado o Memorial Araceli, que conta com um mural de grafite com cerca de 1,4 mil metros quadrados e um grande jardim, no viaduto que também leva o nome da menina Araceli Cabrera Sánchez Crespo, brutalmente morta no dia 18 de maio de 1973.

No mural, também foi feita uma homenagem, com autorização da família, à menina Fabiane Isadora Claudino, de apenas 2 anos, violentada e morta pelo padrasto no último dia 18, data que ficou instituída como "Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes".

Thais Camila da Costa, tia de Fabiane, esteve na inauguração e bastante emocionada contou sobre o desenho feito pelos grafiteiros. “Lembro como se fosse hoje esta foto que reproduziram aqui, ela estava no meu colo, no Ano-Novo, lá em Guarapari. O que a gente deseja agora é que não aconteça um crime como esse com nenhuma criança, isso tem que parar, temos que respeitar as nossas crianças. Eu tinha acompanhado alguns esboços que eles me mandaram e a pintura ficou linda, agora temos que preservar".

Inauguração

Na inauguração, o coral Serenata, formado por alunos da Escola Municipal de Ensino Fundamental (Emef) Mauro Braga, em Santa Tereza, emocionou todos ao cantar a música “De janeiro a janeiro”, de Nando Reis. “Viemos celebrar a vida em homenagem a todas as Aracelis do planeta”, disse a professora regente, Luciene Chagas.

O maior mural de grafite do Estado chamou a atenção da estudante Rafaele Barauma, que mora em Cariacica e completa neste domingo 16 anos. Ela levou o pai, os irmãos e uma amiga para ver de perto a obra. "Vi que seria no dia do meu aniversário e senti vontade de vir, achei muito interessante. Para mim é uma coisa legal e, ao mesmo tempo, triste porque, apesar de ser uma homenagem muito linda, também lembro que essas crianças tiveram a vida interrompida dessa forma tão trágica. Mas o mural ficou muito mais lindo do que eu imaginava".

O prefeito Luciano Rezende falou sobre a intervenção artística. "É um ato de reflexão para que nós possamos espalhar a cultura da paz, do respeito e do convívio fraterno. Que Vitória possa ser uma luz no Brasil, na construção de uma sociedade justa, respeitosa, fraterna e solidária. O memorial vai sendo construído aos poucos por todos nós. Algumas novas intervenções ainda vão chegar para que este lugar possa ser um local de fortalecimento da cultura da paz".

Artistas

Durante quase duas semanas, sete artistas grafiteiros se revezaram para fazer a pintura do mural, que será o maior do Estado. Fel, Nico, Fagundes, Chic, Iran, Maik e Art Oi, que fazem um trabalho voluntário, buscaram inspiração em quadrinhos e estão concluindo a pintura do rosto de Araceli, em torno do qual serão retratadas brincadeiras infantis.