• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Drone americano mata 11 no Waziristão do Norte

  • COMPARTILHE
Geral

Drone americano mata 11 no Waziristão do Norte

Peshawar - Um avião teleguiado norte-americano disparou neste sábado vários mísseis contra um complexo na região tribal do Waziristão do Norte, na fronteira do Paquistão com o Afeganistão, matando 11 militantes, de acordo com duas autoridades de inteligência paquistanesas. O ataque ocorreu na cidade de Datta Khel, que desde o mês passado tem sido palco de uma grande ofensiva por parte do exército paquistanês contra os rebeldes.

Segundo as fontes, a maioria dos mortos eram membros do Tehrik-e-Taliban Pakistan, que engloba militantes de diferentes organizações nas áreas tribais. O grupo visa a derrubar o governo paquistanês para implementar uma versão linha-dura da lei islâmica e a acabar com a cooperação com os norte-americanos no Afganistão.

Por vários anos, Washington pressionou o Paquistão para que agisse contra os grupos militantes no Waziristão do Norte. Quando assumiu o governo um ano atrás, o primeiro-ministro paquistanês, Nawaz Sharif, tentou tratar a questão por meio de negociações com os rebeldes e pediu aos EUA que não fizesse uso de ataques de drones durante o processo.

Mas as conversações entraram em colapso depois que os militantes atacaram o aeroporto de Karachi em 8 de junho, o que incitou uma ação militar por parte do governo na região do Waziristão do Norte. O início da ofensiva paquistanesa contou com a retomada do programa de drones dos EUA após uma pausa de seis meses.

Os ataques com aviões teleguiados são uma fonte de tensão entre Washington e Islamabad. O governo paquistanês denuncia o uso de drones como violação da soberania do país. Os disparos deste sábado sucedem atividade similar na quarta-feira, quando drones norte-americanos mataram 15 militantes no Waziristão do Norte. Fonte: Associated Press.