• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

"Tive um pressentimento ruim", diz pai de menino que morreu em grave acidente na Barra de São Francisco

  • COMPARTILHE
Geral

"Tive um pressentimento ruim", diz pai de menino que morreu em grave acidente na Barra de São Francisco

O motorista e uma criança morreram, e outras três pessoas ficaram feridas no grave acidente envolvendo uma caminhonete e um carro no sábado (25)

O pai do menino de 10 anos que morreu em um grave acidente na Barra de São Francisco, no noroeste do Espírito Santo, conversou com a equipe da TV Vitória. A esposa e a filha dele ainda estão hospitalizadas.

Nélio Vitório da Silva disse que não consegue esquecer o momento em que chegou até o acidente. Ele seguia atrás do carro onde a família estava. "Eu só ia à noite para o aniversário da minha sobrinha, mas tive um pressentimento ruim, peguei a moto e fui atrás uns 20 minutos depois que saíram". 

O homem contou que motoristas sinalizaram para informar que havia acontecido um acidente. "Os motoristas piscaram o alerta indicando que tinha um acidente. Quando passei a curva, vi a blusa da minha esposa, e depois vi o meu menino tombando o pescoço. Pulei da moto e saí correndo para ajudar o meu filho", contou.

Ítalo morreu após o acidente, Neuza e Thayla continuam internadas

No acidente morreu o filho de Nélio, Ítalo Daniel Almeida da Silva, de 10 anos, que chegou a ser socorrido com vida, mas não resistiu e morreu, a esposa do lavrador, Neuza Almeida da Silva, de 30 anos e a filha do casal Thayla Vitória Almeida da Silva, de 8 anos, que ficaram feridas. Devido a gravidade dos ferimentos, a menina foi levada para Vitória pelo helicóptero do Núcleo de Operações e Transportes Aéreo (NOTAer), da Polícia Militar (PM). 

Thayla continua internada no Hospital Infantil de Vitória, e está se recuperando bem, segundo o pai. "Ela está sendo muito bem medicada e tratada. Ainda está respirando com a ajuda de aparelhos, e o cérebro está instável. Ela está se recuperando aos poucos, mas Deus vai abençoar que vai dar tudo certo", disse Nélio. 

Agora, Nélio espera uma vaga para transferir Neuza, que está internada em um hospital de Barra de São Francisco. A família mora na zona rural de Vila Pavão, no noroeste do Estado e seguia para Vila Velha para participar de um aniversário quando o acidente aconteceu na manhã do último sábado (25), na rodovia ES 320 que liga Barra de São Francisco a Ecoporanga. A batida foi entre um carro e uma caminhonete. Além do filho de Nélio, um colega da família de 35 anos que dirigia o carro de passeio também morreu. Com o impacto, a caminhonete foi parar no mato e o carro ficou destruído. As outras duas vítimas foram levadas para um hospital. Segundo informações passadas pela polícia, após a batida, o condutor da caminhonete fugiu do local do acidente.