• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Número de homicídios cai no Espírito Santo, mas estupros aumentam em 2019

Geral

Número de homicídios cai no Espírito Santo, mas estupros aumentam em 2019

Os números foram informados pelo Governo do Estado ao Ministério da Justiça e Segurança Pública. Dados referem-se a crimes cometidos entre janeiro e abril

Gustavo Fernando

Redação Folha Vitória
Foto: Divulgação

Segundo dados do Ministério da Justiça e Segurança Pública, o Espírito Santo reduziu o número de homicídios e tentativas de homicídios nos quatro primeiros meses de 2019 em comparação a 2018. Em compensação, o número de estupros subiu 34,2%.

Nos primeiros quatro meses de 2019, o Espírito Santo registrou 361 homicídios dolosos, uma redução de 14,25%. O número de tentativas de homicídio também sofreu redução de 20,35%.

Já o número de estupros aumentou de 143 para 192. O maior número de casos registrados aconteceu no mês de abril, que teve 91 crimes deste tipo.

A plataforma de informações do Ministério da Justiça também apresenta redução do número de outros crimes acompanhados pelo Sistema Nacional de Informações de Segurança Pública, Prisionais, de Rastreabilidade de Armas e Munições, de Material Genético, de Digitais e de Drogas (Sinesp), como no número veículos furtados, roubo de veículos e latrocínios (roubo seguido de morte). 

Brasil

Nos primeiros quatro meses de 2019, o Brasil registrou 3.528 homicídios dolosos a menos que no mesmo período do ano passado. Segundo o Ministério da Justiça e Segurança Pública, neste período, 13.142 pessoas foram mortas por alguém que agiu intencionalmente ou assumiu o risco consciente de matar. O resultado é 21,2% inferior aos 16.670 casos registrados entre janeiro e abril do ano passado.

Segundo o balanço parcial que o Ministério da Justiça e Segurança Pública divulgou nesta terça-feira (13), a maior variação percentual (-38,5%) foi observada na redução do número de roubos a instituições financeiras, que caiu de 325 para 200 ocorrências na comparação entre o primeiro quadrimestre de 2018 e o de 2019.

De acordo com os Dados Nacionais de Segurança Pública, a redução também pode ser percebida no número de estupros (-13,6%) ; no de veículos furtados (-11,1%), nas lesões corporais seguidas de morte (-5,3%); nos roubos a instituições financeiras (-38,5%); nos roubos de carga (-27,5%); nos latrocínios (-23,8%); nos roubos de veículos (- 27,5%); e nas tentativas de homicídio (-8,6%).