• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Sistema de inteligência artificial será implantado para combater fraudes no Detran

Geral

Sistema de inteligência artificial será implantado para combater fraudes no Detran

Segundo o governo, tecnologia será capaz de fazer uma análise detalhada do documento apresentado pelo cidadão, para verificar a autenticidade do mesmo

Foto: Divulgação

Um sistema de inteligência artificial e analítica será implantado nesta semana pelo Departamento Estadual de Trânsito do Espírito Santo (Detran|ES). A intenção é fortalecer a identificação, prevenção e o combate às fraudes na estrutura do trânsito. A Ordem de Serviço para contratação da Solução de Inteligência Analítica, como é chamado o sistema, foi assinada nesta terça-feira (13), pelo governador Renato Casagrande e pelo diretor geral do órgão, Givaldo Vieira, no Palácio Anchieta, em Vitória.

De acordo com o Governo do Estado, após implantado, o sistema será capaz de fazer, em todos os procedimentos relacionados a veículos, habilitação, infrações realizadas pelo Detran, uma análise detalhada do documento apresentado pelo cidadão para verificar a autenticidade do mesmo e conferir, no caso de falsificação, com documentos originais. Segundo o governador Renato Casagrande, o principal objetivo é identificar todos os padrões de fraude conhecidos e trabalhar no seu combate.

“Estamos adquirindo uma plataforma conhecida em todo mundo de análise de dados, de forma muito rápida, que irá ajudar na administração pública. Já usamos essa plataforma na Secretaria da Fazenda (Sefaz) e agora vamos usar no Detran. Vamos cumprir alguns objetivos com essa plataforma, entre eles o combate à fraude. O sistema de inteligência artificial conseguirá analisar dados e os tipos de fraudes mais comuns, para que o sistema do Detran e a polícia sejam alertados. É a nossa grande meta com a aquisição desse sistema”, apontou Casagrande.

Foto: Hélio Filho/Secom
Assinatura da Ordem de Serviço para a contratação da Solução de Inteligência Analítica ocorreu nesta terça-feira

De acordo com o governador, a otimização dos serviços e o fim dos processos em papel são outras funções importantes com a implantação do novo sistema.

“Outro grande objetivo é otimização, automação dos sistemas do Detran para que o cidadão tenha facilidade ao buscar os serviços do órgão, além de digitalização de todos os processos. Os serviços ainda são muito físicos, mas vamos avançar muito nessa automação e na digitalização dos processos. Esses dados coletados também alimentarão nosso Cerco Inteligente, que será implantado na Região Metropolitana, diminuindo o número de carros roubados, sem documentação ou com documentação irregular, cargas irregulares. Ou seja, vamos fazer um controle maior e trazendo mais segurança ao capixaba”, acrescentou Casagrande.

O diretor geral do Detran afirmou que a gestão trabalha, de forma contínua e coordenada, para fechar as possibilidades de fraude no sistema de trânsito e, por isso, investe em soluções tecnológicas para tornar o órgão 100% digital.

“Quando os procedimentos do órgão se tornam eletrônicos, como temos feito nas áreas de habilitação, veículos e estamos avançando na de infrações, imperam a impessoalidade, a rapidez e principalmente a autenticidade, o que representa atendimento mais digno aos cidadãos. A partir da Solução de Inteligência Analítica, o Detran também terá uma ferramenta qualificada para a criação do Observatório Estadual do Trânsito, pois o sistema tem capacidade de fazer cruzamento de dados e obter informações fidedignas sobre estatísticas do trânsito”, explicou Givaldo Vieira.

Inovação nos processos de multas

O sistema contratado pelo Detran também pretende padronizar os recursos de multas e penalidades, a fim de oferecer aos usuários mais agilidade nos despachos dos processos analisados pelas três instâncias passíveis de recursos. Segundo o Detran, isso será possível porque serão identificados os processos mais rotineiros apresentados e, a partir das alegações apresentadas pelo cidadão recorrente e do auto de infração de trânsito, o sistema elaborará uma minuta do processo, o que agilizará principalmente o julgamento dos recursos.