• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Cachoeiro pretende formar médicos instrutores para residência médica no SUS

  • COMPARTILHE
Geral

Cachoeiro pretende formar médicos instrutores para residência médica no SUS

A prova de seleção para as 20 vagas oferecidas foi aplicada no domingo (13), em Cachoeiro de Itapemirim. Vinte e seis profissionais da cidade participaram

As provas aconteceram no Cecapeb, no bairro Morro Grande, no último domingo. Foto: Divulgação/Prefeitura

Autorizado a abrir em 2016 o primeiro curso de medicina da região Sul do Estado, Cachoeiro de Itapemirim recebeu do governo federal mais um incentivo à qualificação médica. O município inicia em novembro um curso de especialização para formar médicos preceptores (instrutores) de residência médica no SUS.

Ministrada pelo Hospital Sírio-Libanês, a capacitação terá duração de um ano e, a exemplo da abertura da graduação na cidade, é uma ação que integra o programa Mais Médicos.

A prova de seleção para as 20 vagas oferecidas foi aplicada pela Secretaria Municipal de Saúde no domingo (13), no Conselho do Centro de Referencia, Pesquisa e Capacitação do Professor de Educação Básica "Dr. Dirceu Cardoso" (Cecapeb), em Morro Grande. Vinte e seis profissionais da cidade participaram.

“Essa formação representa um ganho muito importante para a nossa região. Vamos aumentar a quantidade de profissionais capacitados para atender os programas de residência em Medicina Geral de Família e Comunidade. Eles concluirão a especialização aptos a serem, também, preceptores da graduação em medicina”, explica o secretário de Saúde de Cachoeiro, Edison Fassarella. O resultado do processo seletivo sai no dia 2 de outubro, e o curso começa no dia 4 de novembro.

O Mais Médicos também garante reforço na atenção básica de Cachoeiro, com a atuação de 24 médicos intercambistas cubanos em unidades de saúde.