• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Juncker, da UE, adverte Rússia sobre segurança do Báltico e da Polônia

Geral

Juncker, da UE, adverte Rússia sobre segurança do Báltico e da Polônia

Bruxelas - O presidente da Comissão Europeia, Jean-Claude Juncker, advertiu a Rússia para o fato de que as fronteiras a leste da União Europeia são "intocáveis" e que o bloco fará de tudo para garantir a segurança dos países do Báltico e da Polônia. Em seu discurso anual sobre o Estado da União, Juncker disse que os três países do Báltico e a Polônia são "membros muito importantes" do bloco e se em algum momento sua segurança estiver em perigo, "nós temos a obrigação de protegê-los".

"A segurança e as fronteiras dos Estados-membros da UE são intocáveis e eu quero que isso seja entendido muito claramente em Moscou", afirmou ele. O bloco europeu condenou fortemente a anexação pela Rússia da região ucraniana da Crimeia e impôs sanções econômicas contra Moscou por seu papel no conflito no leste da Ucrânia.

Juncker apresentou várias ideias no passado para melhorar a segurança na UE, incluindo o apoio público à criação de um Exército da UE, no ano passado. Em seu discurso, ele também pediu que o bloco seja mais unido em suas relações exteriores. "Nós precisamos de uma Europa mais forte em política externa", defendeu.

Juncker também disse que a UE continuará a apoiar financeira e politicamente a Ucrânia, bem como a intenção de Kiev de facilitar o acesso de seus cidadãos para viagens ao bloco. Fonte: Dow Jones Newswires.