• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Duas mulheres yazidis vencem o Prêmio Sakharov de direitos humanos da UE

  • COMPARTILHE
Geral

Duas mulheres yazidis vencem o Prêmio Sakharov de direitos humanos da UE

Bruxelas - Duas mulheres yazidis que sobreviveram à escravização sexual pelo grupo Estado Islâmico, escaparam e tornaram-se ativistas pelo seu povo ganharam o Prêmio Sakharov de direitos humanos da União Europeia (UE).

Guy Verhofstadt, líder do partido Aliança de Liberais e Democratas da Europa (ALDE, na sigla em inglês), disse nesta quinta-feira que Nadia Murad Basee e Lamiya Aji Bashar são "mulheres inpiradoras que mostraram uma bravura e humanidade incríveis em meio a uma brutalidade imensa."

A parlamentar Beatriz Becerra Basterrechea , que apoio a nomeação das duas vencedoras, disse que o prêmio é "um reconhecimento da luta de Nadia e Lamiya por todas suas vidas. As duas superaram de maneira impressionante a escravização sexual a que foram submetidas por terroristas e se tornaram um exemplo para todos nós."

O prêmio, nomeado em homenagem ao dissidente soviético Andre Sakharov, foi criado em 1988 para honrar pessoas ou grupos que defendem os direitos humanos e liberdades básicas. O vencedor do ano passado foi o blogueiro da Arábia Saudita Raif Badawi. Entre antigos ganhadores, estão Nelson Mandela e as Mães da Praça de Maio. Fonte: Associated Press.