• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Após manhã de paralisação, Ceturb-GV lamenta atos e pede greve dentro da lei

  • COMPARTILHE
Geral

Após manhã de paralisação, Ceturb-GV lamenta atos e pede greve dentro da lei

Por meio de nota, a Ceturb-GV informou que a decisão dos rodoviários em paralisar a operação no Terminal de Itaparica e Vila Velha é irresponsável

Passageiros sofreram nesta manhã Foto: Lorena Garcia

A manhã desta quarta-feira (3) foi de caos e incertezas para os usuários do sistema coletivo de transporte da Grande Vitória. Quem saiu de casa logo cedo se assustou ao saber que motoristas e cobradores paralisaram os serviços em terminais de Vila Velha. Já o passageiro que precisou do transporte um pouco mais tarde, encontrou terminais lotados, com longas filas e muita confusão.

Por meio de nota, a Ceturb-GV informou que a decisão dos rodoviários em paralisar a operação no Terminal de Itaparica e Vila Velha é irresponsável e penaliza a população que depende do transporte.

Paralisação surpresa
Um grupo de motoristas e cobradores impediram a saída de ônibus do Sistema Transcol no Terminal de Itaparica, em Vila Velha, na manhã desta quarta-feira (03). A paralisação afetou outros terminais do município de Vila Velha. No Terminal de São Torquato e no Terminal do Ibes, os usuários não conseguiram fazer baldeações e a fila de passageiros indignados era enorme.

Sem acordo no TRT-ES 
A reunião de negociação entre motoristas e cobradores da Grande Vitória e os representantes de empresas de ônibus, realizada na manhã desta quarta-feira (3),  terminou sem acordo entre as partes. A reunião aconteceu na sede do Tribunal Regional do Trabalho (TRT-ES), em Vitória. Com a decisão, a categoria entra em greve por tempo indeterminado a partir de 0h da próxima segunda-feira (8).

Segundo a Ceturb-GV, a Companhia espera que os rodoviários cumpram as determinações da lei, acatando os percentuais de frota apontados pela Justiça, para que a operação possa ser planejada de acordo com o número de veículos em circulação.