• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Cadela que sumiu durante enchente em Vila Velha reencontra dona um ano depois

  • COMPARTILHE
Geral

Cadela que sumiu durante enchente em Vila Velha reencontra dona um ano depois

A cachorra sumiu ano passado no meio das fortes chuvas que atingiram o Estado, em Vila Velha, e exatamente um ano depois reapareceu e voltará para a casa de sua verdadeira dona

Bela foi reconhecida por sua dona Foto: Divulgação

No ano passado uma cachorrinha desapareceu no meio das fortes chuvas que assolaram o Estado, no bairro Alvorada, em Vila Velha. Mas como em um filme, exatamente um ano depois, a cadela foi resgatada e entregue a verdadeira dona. Bela é uma cadela da raça dachshund, de 15 anos, que cresceu junto com Talita Connor, 20, vendedora, que hoje mora na Serra

A cadela foi encontrada por uma veterinária próximo ao Centro de Controle de Zoonoses de Vitória (CCZV) e foi levada para a casa da professora universitária Cinthya Furquim, 32, provisoriamente, enquanto passaria por exames para verificação de doenças como a cinomose. Bela, que havia ganhado o nome de Malévola, foi para um petshop onde tomou banhou, ganhou coleira e comida gratuitamente. 

“Eu fui ao grupo Utilidade Capixaba no facebook para agradecer os serviços que a cachorra ganhou, foi quando algumas pessoas começaram a postar e a Talita reconheceu a cachorra”, contou Cinthya. 

A cadela foi reconhecida após uma postagem na internet e imediatamente a dona entrou em contato com Cinthya que abriu as portas de sua casa após as 24 horas para a moça identificar a cadela.

Bela está muito debilitada, magra, abatida e com sarna, não se sabe como ela sobreviveu durante um ano. Até a dona já havia perdido as esperanças de reencontrá-la. “Eu espalhei cartazes por todo o bairro, pelo comércio, procurei por muitos dias, gritava na rua e ela não aparecia. Do meio do ano para cá, eu já tinha conformado meu coração, achei que ela estivesse morta”, disse Talita 

Talita disse que não dormiu de ontem para hoje e ficou tão emocionada que não conseguiu ir trabalhar. A cadela vai receber os cuidados em uma clínica veterinária em Jardim da Penha e depois será levada para casa na Serra. 

“Vou cuidar muito dela, ela está velinha, mas anda, corre, pula, ela vai ser tratada como sempre foi, com muito carinho. Ela é muito apegada a mim” contou emocionada.

A jovem aproveitou para agradecer a professora universitária que acolheu a cachorra. “A Cinthya é uma pessoa maravilhosa, ela acolhe gatinhos também, eu queria agradecer também ao pessoal do grupo que ajudou a achá-la”.