• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Arrecadação de SP deve alcançar R$ 45,2 bilhões

  • COMPARTILHE
Geral

Arrecadação de SP deve alcançar R$ 45,2 bilhões

São Paulo - A gestão Fernando Haddad (PT) prevê arrecadar até o fim deste ano R$ 45,2 bilhões - aumento real de 0,4% em relação aos R$ 41,3 bilhões alcançados pela cidade no ano passado. A previsão é 12% menor do que o Orçamento aprovado pela Câmara para 2015, de R$ 51,3 bilhões. Apesar do cenário econômico, em 2016, a Prefeitura estima Orçamento 17% maior do que a receita prevista para este ano. Os vereadores já aprovaram, em primeira votação, o montante de R$ 54,4 bilhões.

Na divisão dos gastos, a secretaria com mais recursos será a da Educação, com previsão de R$ 11 bilhões. Saúde, com orçamento de R$ 7,6 bilhões, será a segunda pasta com mais verba. Em seguida vêm as secretarias de Transportes (R$ 3,4 bilhões), Subprefeituras (R$ 1,9 bilhão), Infraestrutura Urbana (R$ 1,8 bilhão) e Desenvolvimento Urbano (R$ 1,6 bilhão).

A novidade da lei orçamentária do próximo ano pode ser a liberação de R$ 115 milhões para os 32 subprefeitos da capital usarem em "melhorias de bairro". Diferentemente do usual, esses recursos destinados às subprefeituras não terão destino definido, podendo ser usados em quaisquer obras de zeladoria, como reformas de calçada, limpezas de praça ou recapeamento de ruas, por exemplo. A medida dá mais autonomia financeira aos subprefeitos, em ano eleitoral.

O valor foi definido pela Câmara, mas ainda precisa receber o segundo aval em plenário, além da sanção do prefeito Haddad. Se passar, vai representar R$ 3,5 milhões, em média, para cada região.

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.